Boa dona de casa – Top10 qualidades inteligentes que você precisa!

Você sabe que as qualidades de um boa dona de casa é muito diferente da esposa?

uma boa dona de casa é uma mulher inteligente e sensata

Você pode ser uma esposa boa e compreensiva. Você pode estar amando e cuidando de seu marido. Mas você poderia ser uma dona de casa pior.

Você está confuso?

Até agora, você pensou que ser uma boa esposa significava que você também era uma boa dona de casa.

Infelizmente, não é assim.

Para ser uma boa esposa, você precisa de muitas qualidades sensíveis.

Você precisa estar amando e cuidando de seu marido.

Você deve ignorar suas pequenas falhas.

Você deve dar apoio emocional a ele quando ele realmente precisar.

Você não deve interferir em seus deveres para com sua família.

Você deve permitir-lhe o seu espaço.

Você deve respeitá-lo.

Estes são alguns dos ingredientes essenciais que o caracterizam como uma boa esposa.

Mas ser uma boa dona de casa precisa de qualidades completamente diferentes.

Precisa de mais habilidades de gerenciamento. Você deve ser sensível, além de ser sensato.

Ser uma boa dona de casa precisa de incrível poder de vontade de você.

Você precisa ser emocionalmente forte e estável.

Você tem que ser assertivo e confiante em lidar com os problemas que sua família enfrenta constantemente.

Você quer um vislumbre das 10 melhores qualidades de gestão de uma boa dona de casa?

1. Confiança para lidar com problemas

Você acha que precisa estar confiante apenas no seu local de trabalho?

Não.

Você precisa de confiança absoluta em lidar com problemas familiares que continuam surgindo de forma consistente.

Problemas familiares podem ser estressantes.

Problemas familiares podem esgotá-lo, pois é emocionalmente desgastante. Essa é a razão pela qual a maioria de vocês se curva facilmente sob as pressões que você enfrenta em sua vida conjugal.

Mas se você quer ser uma boa dona de casa, precisa ter os nervos do aço. Você tem que desenvolver uma capacidade incomum para lidar com qualquer problema que se insinue em sua vida familiar.

Sim!

Problemas familiares nunca devem detê-lo.

Nunca deve fazer você ficar tenso.

Você deve ter o talento para lidar com isso com assertividade.

Evite correr para o seu marido, cribbing sobre sua incapacidade de lidar com isso. Quando você desenvolve a arte de lidar com questões familiares com confiança, seu marido o respeita por isso.

2. Atribuição de funções

Você faz todo o trabalho sozinho?

Você sente que está sendo muito abnegado e generoso?

Não.

Você está sendo idiota.

Você pode fazer todo o trabalho no seu local de trabalho?

Você não pode. É um trabalho em equipe. Seus colegas devem fazer seus deveres como você faz.

É o mesmo na sua família.

Todos devem fazer seus deveres. Seu marido é responsável como você é. Não seja escravo e perca a sua identidade, pois você achará muito difícil mascarar sua irritação e frustração por muito tempo.

Você deve treinar seus filhos para cuidar de si mesmos.

Seu marido deve perceber que ele não pode preguiçar e esperar que você faça isso sozinho.

Ele é tão ligado à família quanto você.

Aloque deveres familiares para ele também.

3. A limpeza está ao lado da piedade

Você cita seu cansaço e mantém sua casa como um chiqueiro?

Uma dona de casa boa nunca faz isso.

Isso significa que você deve slog sozinho para manter sua casa limpa?

De modo nenhum.

Ensine seus filhos a manterem o quarto arrumado desde a juventude.

Seu marido deve ajudá-lo a limpar a casa.

Uma casa limpa e arrumada é um reflexo do seu caráter.

Quando você vê a limpeza de sua casa, você se sente muito menos tenso e livre de estresse.

4. Ser apresentável sempre

Você sente a sobrecarga de seus deveres familiares lhe dá a coleira para parecer pobre em pijamas sujos?

Não.

Não.

Você nunca vai trabalhar, parecendo suado e surrado, não é?

Embora você tenha um cronograma de trabalho agitado, você está sempre apresentável em seu local de trabalho.

Uma dona de casa boa sabe o truque para parecer bem e apresentável em casa também.

5. Clarividência financeira

Uma boa dona de casa sempre olha para o futuro financeiro de sua família.

Você deve planejar o futuro financeiro de sua família.

Planeje sua lista de compras – Nunca compre coisas indesejadas.

Economize para a educação de seus filhos – O dinheiro é o ingrediente-chave para proporcionar boa educação aos seus filhos.

Planeje uma casa própria – Normalmente, uma boa dona de casa sabe que um teto próprio é a melhor segurança que você pode dar à sua família.

6. Nunca terminando o entusiasmo

Sim.

Entusiasmo faz você fazer o seu trabalho doméstico com alegria.

Um rosto sorridente é um prazer assistir, não é?

Sem entusiasmo, você se debruça e se preocupe que está sobrecarregado de trabalho. Você parece abatido e apático quando está em casa.

Sua falta de entusiasmo reduz gradualmente o nível de energia de sua família também.

7. Pensamento inteligente

Você precisa de 100% de inteligência para ser uma boa dona de casa.

Quando você é inteligente, nunca se permite desperdiçar dinheiro.

Você é instantâneo na resolução de problemas familiares.

Você cria seus filhos com o maior cuidado.

Você dá as mãos ao seu marido pelo melhoramento da família.

8. Horário de trabalho consistente

Como uma boa dona de casa, você tem um cronograma consistente de trabalho doméstico.

Você fica com isso.

Você não faz seu trabalho doméstico em ataques e idiotas.

Você trabalha com perseverança dia após dia.

Você faz seus deveres familiares com disposição.

Você nunca pára de trabalhar para resolver problemas familiares.

9. Abordagem empática

Você entende perfeitamente os sentimentos de todos os membros da sua família.

Você faz com que seus filhos se sintam amados e cuidados, porque você entende suas carências a partir de seu ponto de vista.

Você faz seu marido se sentir relaxado e confortável por ser razoável e racional.

10. Bem-educado para com a família

Você nunca proferiu palavrões.

Você respeita seu marido.

Você não abuse de seus filhos.

Você nunca levanta sua voz.

Você não está dominando e controlando.

Você comanda o respeito de seus filhos por causa de sua personalidade agradável. Sua casa tem uma atmosfera agradável porque há respeito mútuo.

CONCLUSÃO

“A dona de casa tem a carreira final. Todas as outras carreiras existem apenas para uma finalidade – e isso é para apoiar a carreira final. ”- C.S.Lewis

Você pode ver que precisa ser sensível e inteligente para ser uma boa dona de casa?

É mais de gerenciar sua casa, não é?

Você tem essas qualidades?

Maravilhoso.

Você facilmente faz um refúgio de sua casa.

Relação saudável – Torne-se uma realidade praticando estas 10 melhores qualidades!

Você não quer nada mais do que um saudável relação com seu cônjuge, não é?

relacionamento saudável faz você feliz como você pode apreciar a bondade de seu casamento

Por quê?

É porque um relacionamento saudável com seu cônjuge se torna seu santuário emocional. Isso faz com que você aproveite sua vida de casada sem se sentir amada e não-cuidada.

Mas, infelizmente, a maioria de vocês sente que você está em um relacionamento doentio. Na verdade, você sente que seu casamento é um desastre, já que seu relacionamento com seu cônjuge é cheio de desprezo, indiferença, incompatibilidade e completa falta de amor.

Nos casamentos modernos. é comum ver casais se afastando depois de alguns anos de união.

Seu amor perde seu brilho muito rapidamente.

Eles procuram por tópicos para conversar um com o outro.

Os casais se afastam tanto um do outro que não dão apoio emocional à sua metade. Essas são as razões comuns pelas quais esses casais não desfrutam da vida conjugal e optam pelo divórcio.

Mas há uma fração molecular de casais que desfrutam de um relacionamento saudável.

Aqui estão as principais qualidades que praticam com sinceridade amorosa!

Eles dão apoio emocional um ao outro.

Sua relação é compatível e livre de estresse.

Não há unilateralidade em seu relacionamento.

Infelizmente, esses casais são raros e distantes entre si.

Você inveja casais que gostam de um relacionamento tão saudável?

Não se preocupe.

Você também pode desfrutar do seu casamento se você incorporar essas boas qualidades que existe apenas em um relacionamento saudável.

1. Comunicação sem censura

Como você se sentirá quando tiver que pensar duas vezes antes de dizer algo ao seu cônjuge?

Você se sente irritado e frustrado.

Como você se sentirá quando suas palavras forem mal interpretadas pelo seu cônjuge?

Você hesita e faz uma pausa antes de falar com ele. Você esconde seus verdadeiros sentimentos pelo medo de ser mal interpretado.

Sim!

Em um relacionamento insalubre, os casais hesitam em se comunicar uns com os outros.

Você sabe sem comunicação, seu casamento não tem a qualidade básica de um relacionamento saudável?

Quando você desfruta de boa compatibilidade com seu cônjuge, fica à vontade para falar sobre qualquer coisa sob o céu com ele. Você provoca um ao outro. Há humor em seu relacionamento.

Você tem a confiança de identificar os erros do seu cônjuge, como você sabe que ele vai entender sua verdadeira intenção.

Você também é esportivo em relação ao seu cônjuge.

A interação amigável entre si é uma qualidade superior de um relacionamento saudável.

2. Você é empático

A maioria de vocês se sente amargurada quando seu cônjuge é egoísta e egocêntrico. Você se sente negligenciado quando ele nunca pensa em você do seu ângulo.

Quando o seu cônjuge pensa e age apenas de acordo com o seu desejo, você não pode desfrutar do seu casamento.

Em um relacionamento saudável, não há lugar para o egoísmo, enquanto você trabalha em equipe.

Você entende seu cônjuge do ponto de vista dele. Ele olha para tudo do seu ponto de vista.

3. Não há jogos acusadores

Você não se isola dos problemas familiares e coloca a culpa total em seu cônjuge.

Ele também não joga o jogo acusador.

Você é gentil com os defeitos de seu cônjuge em seu relacionamento saudável. Se em tudo você tem que apontar as falhas do seu cônjuge, você faz do jeito certo e não de forma acusadora.

4. Você é fiel um ao outro

A honestidade é a melhor política do seu relacionamento saudável.

Você é transparente e franco com o seu cônjuge. Você não esconde nada dele.

Seu cônjuge sabe sobre suas transações de dinheiro. Ele sabe sobre seus amigos. Ambos nunca ultrapassam seus limites ao interagir com o sexo oposto.

5. Ambos têm discussão mútua

O elemento que falta em um relacionamento doentio é que ambos não discutem questões familiares importantes juntos.

Ambos tomam decisões arbitrárias esperando que seu cônjuge concorde com isso. Invariavelmente, cria uma raiva e um ressentimento inauditos em seu relacionamento.

Mas isso nunca acontece em seu relacionamento saudável.

Ambos discutem assuntos familiares importantes. Você não se sente egoísta em concordar com seu cônjuge se a visão dele for melhor que a sua. Você resolve suas diferenças de maneira amigável.

6. Você é flexível

Você não é inflexível em seu relacionamento saudável. Você é paciente e despreocupado. Você percebe que seu cônjuge tem uma maneira diferente de fazer as coisas. Você aceita isso como parte de seu caráter.

Você não pega brigas insistindo que ele faz as coisas do jeito que você gosta.

Essa qualidade tira toneladas de tensão do seu casamento.

7. Você é responsável

O casamento é um compromisso responsável. Em um relacionamento saudável, ambos são responsáveis ​​e responsáveis. Você nunca se mantém longe dos compromissos familiares.

Você percebe que você é responsável perante o seu cônjuge. Você nunca se mantém indiferente a problemas familiares e espera que seu cônjuge lide com isso. Você compartilha seus compromissos familiares com a disposição.

8. Você dá um ao outro espaço pessoal

Você não se apega ao seu cônjuge em nome do amor. Você entende que seu cônjuge precisa dele MIM Tempo.

Você permite que ele desfrute de coisas que ele ama fazer.

Você não respira o pescoço do seu cônjuge exigindo toda a sua atenção.

Ser excessivamente possessivo tem um tremendo impacto negativo em seu relacionamento.

9. Você nunca abusar

Não há abuso físico ou verbal em seu relacionamento saudável.

Você nunca pronuncia palavrões. Você nunca pronuncia palavras que prejudicam seu cônjuge.

Se você está com raiva, você é razoável e nunca ultrapassa os limites.

10. Você é grato

A maioria dos casais sente que não é apreciada pelo cônjuge. Mas no seu relacionamento saudável, você aprecia seu cônjuge.

Você aprecia sua boa aparência.

Você aprecia sua habilidade.

Você aprecia seu trabalho duro.

Você aprecia sua contribuição para a família.

CONCLUSÃO

“Eu acho que para qualquer relacionamento ser bem sucedido, é necessário que haja comunicação amorosa, apreciação e compreensão.” – Miranda Kerr

Você observou as qualidades de um relacionamento saudável?

Não são qualidades difíceis de seguir, não é?

Um bom casamento não acontece sozinho. Você tem que fazer acontecer. Você tem que incutir essas qualidades essenciais em seu relacionamento para ter uma vida de casar-se bem.

Então, nunca tome seu cônjuge como garantido e destrua seu casamento. Em vez disso, valorize o apoio emocional que seu cônjuge lhe dá e faça com que ele sinta que está sendo querido e valorizado por você.

Sim!

Você deve nutrir seu relacionamento se quiser se deliciar com a bondade que ele lhe dá.

Razões pelas quais as pessoas se casam

Quais poderiam ser as razões pelas quais as pessoas se casam apesar do surto de divórcios que vemos no mundo moderno de hoje?

principais razões pelas quais as pessoas se casam é por causa da segurança emocional que lhe dá

Há momentos em que você sente que poderia acabar com muitos problemas emocionais se a instituição do casamento não existisse, não é?

Mas, apesar de todas as suas reservas sobre o casamento, você nunca deixa de se casar com a pessoa que ama.

Por quê?

É porque o casamento é o único vínculo que lhe dá segurança emocional, um sentimento de pertença e um sentimento de união.

Sim!

O vínculo matrimonial dá a você a muleta para se apoiar quando você fica desequilibrado pela procissão de problemas que enfrenta em sua vida. Seu relacionamento com seu cônjuge é sua linha de vida quando você está em desesperada necessidade de apoio psicológico incondicional.

Você sabe que as pessoas se casam porque traz muitas mudanças positivas em sua vida?

  • Você tem alguém para cuidar de você.
  • Você tem o apoio moral do seu cônjuge para enfrentar os inevitáveis ​​altos e baixos de sua vida.
  • Você se torna comprometido e responsável, pois sente que é seu dever cuidar da sua família.
  • Você agora desfruta de um sentimento de união que só uma família pode lhe dar.

Você ainda está se perguntando sobre as razões pelas quais as pessoas se casam?

Quando você é criança, seus pais são o seu pilar de força. O amor dos pais faz você se sentir emocionalmente seguro.

Mas quando você entra na idade adulta, você supera a necessidade de se apegar a seus pais. Seu amor por seus pais continua o mesmo. Mas você quer outra coisa. Sua mente procura um relacionamento que lhe dê algo mais. Você almeja um sentimento de pertença.

No entanto, outra mudança biológica se torna predominante quando você se torna um adulto. Você é atraído pelo sexo oposto.

Um sentimento muito natural não é?

Inicialmente, é apenas atração sexual entre ambos. Mas, intensifica-se em amor à medida que você se conhece melhor.

Seu intenso amor um pelo outro lhe dá o desejo de ficar juntos sempre. Você deseja legalizar seu vínculo casando-se com a pessoa que ama ardentemente.

Você não pode viver neste mundo mercenário sem uma companhia amorosa. Você definitivamente quer alguém para cuidar de você.

Esta é outra das principais razões pelas quais as pessoas se casam.

Aqui está a cadeia do casamento.

Depois do casamento, seu relacionamento se torna ainda mais forte quando você tem filhos.

Quando você tem uma família, há muitas mudanças de estilo de vida em você.

Seu amor por seus filhos faz com que você se torne mais responsável e comprometido.

Você trabalha pela segurança financeira de seus filhos e eles se tornam seu mundo.

Você renuncia a sua vida despreocupada e se torna responsável. Você combina com seu cônjuge para tornar sua vida futura estável e segura. Desde que seus filhos são de você, você sente que eles pertencem a você. Então, você é protetor para eles. Você vive para eles. Você faz muitos sacrifícios pelo seu aperfeiçoamento.

Você também desfruta de uma boa companhia com seu cônjuge. Você adora a sensação de pertencer ao seu casamento.

Estas são todas as mudanças necessárias que você tem que sofrer se quiser evoluir como um bom ser humano. Sem a instituição do casamento, sua vida vagaria sem rumo.

Seus filhos se apegam a você por apoio emocional quando são crianças.

Quando eles entram na idade adulta, eles querem ter uma vida própria. Eles se afastam de você, assim como você fez. Eles se casam e têm filhos, assim como você fez.

Esta é a cadeia do casamento.

Essa ligação vai continuar até que este mundo exista.

Apesar do surto de divórcios, as pessoas se casam e continuarão a se casar até que este mundo exista. O mundo não evoluirá se o homem e a mulher ficarem sozinhos.

Imagine um mundo de solteironas e solteiras!

Não haverá famílias nem relacionamentos. Quando não há relacionamentos, não há amor. Quando não há amor, não há nada neste mundo pelo qual vale a pena viver.

Este círculo familiar é necessário para que este mundo exista.

  • O casamento dá reconhecimento e legalidade ao seu relacionamento.
  • Legaliza o seu vínculo.
  • Isso faz com que você seja comprometido e responsável.

Olhe para trás em sua vida antes do casamento.

  • Você não tinha responsabilidades.
  • Você viveu por si mesmo.
  • Sua vida foi sem objetivo e apática.

Você pode continuar vivendo essa vida de irresponsabilidade?

Você não pode.

CONCLUSÃO

Razões pelas quais as pessoas se casam é variada e diferente. Mas há um motivo comum.

O casamento lhe dá o alvo certo e direção para o sucesso na vida. Você se torna responsável. Você enfrenta a vida com o objetivo de tornar sua família feliz. Pequenos mal-entendidos podem surgir entre você, mas de forma alguma tira o crédito do instituto do casamento.

“Todos os casais devem aprender a arte da batalha, pois deveriam aprender a arte de fazer amor. A boa batalha é objetiva e honesta – nunca cruel e cruel. A boa batalha é saudável e construtiva, e traz para o casamento o princípio da parceria igualitária. – Ann Landers

A contribuição sincera e amorosa de ambos é necessária para que o seu casamento funcione. A santidade do casamento nunca pode ficar desatualizada.

  • Você precisa de um ombro para se apoiar em momentos de aflição.
  • Você precisa do calor do amor em sua vida.
  • Você precisa de alguém para abraçá-lo quando enfrentar falhas em sua vida.
  • Você precisa de mãos de apoio para sair de sua rotina de aflição.

“O ato real do casamento acontece no coração, não no salão de baile, na igreja ou na sinagoga. É uma escolha que você faz – não apenas no dia do seu casamento, mas de novo e de novo – e essa escolha se reflete na maneira como você trata seu marido ou sua esposa. ”_ Barbara De Angelis

Como todos os desejos emocionais de vocês serão cumpridos?

É o seu casamento que traz uma pessoa que vive para você. Ele torna sua vida significativa e digna.

Uma pessoa que compartilha sua vida é sua esposa. Ele mantém suas mãos em amor intenso durante toda a sua jornada de vida.

Você consegue ver agora as razões válidas pelas quais as pessoas se casam?

Por mais moderno que o mundo possa ser, esse anseio emocional por uma família nunca será superado em nenhuma parte do mundo.

Nora não gosta de família conjunta por estas razões válidas!

Você tem múltiplas razões pelas quais uma nora não gosta de uma família comum?

Nora não gosta de família comum por causa das restrições impostas a ela

E suas razões para fugir de viver com seus sogros são válidas e realistas.

Os ocidentais nunca entenderão a turbulência que uma mulher sofre em uma família comum, pois é quase inexistente em sua sociedade. Mas é muito relevante em muitos países asiáticos.

Sim!

Embora as famílias conjuntas estejam se tornando raras, elas ainda existem em muitos países asiáticos.

Os sogros dizem que uma nora se torna filha de sua família. Mas a nora tem uma história muito diferente para contar.

Ela nunca sente uma família com seus sogros.

Na verdade, ela sente que está sendo maltratada por eles.

Uma nora sente que sua vida é dominada e controlada por sua sogra depois do casamento. E ela também legitimamente sente que é uma grande injustiça imposta a ela. Essa é a razão pela qual é comum ver a relação entre uma sogra e uma nora se sentindo quente e fria.

Você é uma dessas nora que se sente alienígena quando coexistindo com seus sogros?

Você frequentemente briga com seu marido pela liberdade de viver independentemente, não é?

Você se sente claustrofóbico ter que viver em uma atmosfera desordenada de ter seus sogros ao seu redor.

Não é que você odeie seus sogros. Mas quando você mora com eles, sente seus nervos rastejando de raiva e frustração por ter que obedecer às ordens estabelecidas por seus sogros. Você está com raiva porque é adulto o suficiente para administrar sua família sozinho, sem a supervisão da sua sogra.

É afinal de contas sua família, não é?

Você também quer se afastar dos olhos curiosos de seus sogros. Você quer ter sua privacidade intacta. Você quer viver sua vida de casada em seus próprios termos e condições, e não o que seus sogros lhe ordenam fazer.

É por isso que você incomoda seu marido a se afastar de seus pais.

Você está justificado em se afastar de uma família comum logo após o seu casamento?

Você tem todo o direito de fazer isso.

É o que sua sogra queria quando era uma jovem nora.

Como o que foi certo para ela se tornou errado para você?

Vamos olhar para as 6 principais razões pelas quais uma nora não gosta da família conjunta?

1. Falta de liberdade

A principal razão pela qual uma nora não gosta de uma família comum é a falta de liberdade.

Antes do casamento, você recebeu total liberdade de seus pais. Você manteve sua individualidade quando estava com eles. Você corajosamente argumentou com eles quando invadiram sua privacidade.

Você fez o que gostou quando estava com seus pais. Você não teve que fingir antes deles.

Mas depois do casamento, você é forçado a viver em uma família conjunta. Naturalmente, você se sente preso quando perde a liberdade de expressar seus pensamentos individualistas.

Existem regras familiares que você encontra restringindo sua liberdade.

Você não pode planejar uma compra sem informar seus sogros.

Você não pode sair com seu marido como e quando você gostou.

Você tem que pedir permissão para visitar seus pais também. Esta é sua última gota, pois você sente que tem todos os direitos para visitar seus pais quando e como quiser.

Você se sente acorrentado e aprisionado quando vive entre seus sogros, pois precisa se comportar de acordo com o protocolo da família em que está envolvido.

2. Interferência na vida pessoal

Você sente que seus sogros interferem em seu relacionamento com seu marido.

Você está indignado quando eles o instigam contra você.

Eles emocionalmente chantageiam seu marido que ele sente que você está sempre errado.

Você está com raiva quando ele se comporta um pouquinho distante de você quando ele está com seus pais.

Você odeia quando precisa pedir permissão para sair com seu marido.

3. Comentários injustificados sobre sua criação

Seus sogros aproveitam todas as oportunidades para fazer comentários indesejados sobre sua família com a maior frequência possível.

É natural que seus hábitos sejam diferentes dos deles. Eles tomam isso como uma oportunidade para ter uma escavação em sua educação.

Você se sente enfurecido quando diz que seus pais não lhe ensinaram como se comportar.

Você fica louco de raiva com essa insinuação indesejada contra seus pais.

Esta é uma das principais razões pelas quais uma nora não gosta de viver em família comum.

4. Restrições ao seu molho

Você é forçado a mudar sua maneira de se vestir, pois há um código de vestimenta em sua família conjunta.

Você não pode usar vestidos modernos como considerados tabus por seus sogros.

Você fica furioso quando seu marido apóia seus pais e insiste que você se vista de acordo com o código de vestimenta de sua família.

Você sente que é pura interferência em seus desejos pessoais.

5. Nenhuma privacidade com seu marido

Você não pode demonstrar amor ao seu marido antes de seus sogros.

Quando você tem que se comportar estranhamente distante com seu marido, você se sente ressentido.

Você pode querer aconchegar-se ao seu marido.

Mas você não faz isso porque seus sogros estão lá.

Você não pode ter intimidade com seu marido, pois seus sogros mostram seu descontentamento, abertamente e abertamente.

6. Você está sob varredura constante

Você sente que cada uma de suas atividades é espionada.

“Do que vocês dois estavam falando?”, Você está fazendo essa pergunta sobre sua conversa com seu marido.

Você está legitimamente indignado.

Comprar coisas que você gosta é seu direito.

Mas suas compras também são espionadas.

“O que você comprou quando foi fazer compras?”, Essa pergunta é algo que você odeia.

CONCLUSÃO

Você consegue ver como é incapaz de manter sua individualidade em uma família unida?

A família comum estava bem durante os anos passados, quando não havia grandes problemas de relacionamento.

Há muito tempo, as mulheres nunca tiveram independência financeira. Então, eles não tinham outro jeito além de engolir sua agonia e viver uma vida sem direitos e sem privilégios.

Mas os tempos mudaram. Você evoluiu como uma mulher confiante. Você não pode mais ser ditado.

Quando você é financeiramente independente, é natural que você queira viver sua vida conjugal como quiser.

Viver independentemente de seus sogros não significa que você está instigando seu marido contra os pais dele.

Você sabe que viver longe do ressentimento de seus sogros acaba com muitos dos seus ressentimentos e frustrações contra eles?

Você é capaz de ser amigável com eles quando eles visitam você. Você agora as aceita facilmente como sua família extensa.

Barreira emocional do seu marido

Há momentos em que você sente que nunca pode quebrar a barreira emocional do seu marido, não é?

penetrar na barreira emocional de seu marido ganhando a confiança dele

Ele é tão fechado sobre seus verdadeiros sentimentos e emoções. Ele nunca realmente abre com você que você sente que você nunca o conhece.

Você espera que seu marido compartilhe seus sentimentos mais íntimos com você, não é?

É seu ardente desejo que seu marido se comporte mais francamente com você.

Você se sente assim porque não é reservado sobre seus sentimentos com ele. Você sempre abre seus sentimentos e emoções mais íntimos com ele.

Você gostaria que seu marido fizesse o mesmo, não é?

Mas, invariavelmente, seu marido é emocionalmente distante e reservado para você. Você é incapaz de entender certos comportamentos de seu marido porque ele é frequentemente inexpressivo e sem emoção. Ele nunca confidencia as razões por trás de suas mudanças de humor. Há momentos em que você sente que seu marido não te ama o suficiente.

Não se preocupe!

Seu marido ama você.

Agora, você está se perguntando por que seu marido permanece enigmático e reservado com você, não é?

Você deve perceber que seu marido é totalmente diferente de você sobre compartilhar seus sentimentos com você.

Seu marido quer se mostrar como uma pessoa forte para você. Mas internamente, ele é vulnerável e indefeso, pois ele não tem a capacidade de lidar com problemas familiares e de relacionamento. Quando você ataca seu ego masculino acusando-o de um homem de família irresponsável e negligente, ele constrói uma barreira emocional ao redor dele.

Você sabe que a barreira emocional do seu marido é sua armadura protetora?

É seguro guarda todos os seus segredos emocionais.

Você nunca esconde seus sentimentos do seu marido. Mas seu marido nunca mostra suas verdadeiras emoções para você. É esse comportamento contraditório de ambos que acrescenta tempero ao seu relacionamento.

Mas tenho certeza de que você não concordaria comigo. Você quer que seu marido seja aberto e franco com você.

Você deseja penetrar na barreira emocional do seu marido, não é?

É uma coisa muito difícil de fazer?

Não é, desde que você saiba truques para demolir a barreira emocional de seu marido.

1. Nunca, nunca o incomode

O que você faz quando seu marido comete um erro?

Você o incomoda tanto que seu pobre marido se sente completamente desanimado com seu comportamento agressivo. Seu irritante quebra seu nível de confiança em pedaços. Sua atitude faz com que ele sinta que não é bom o suficiente para a família.

Aqui está como você o demole completamente.

Você literalmente o bombardeia com perguntas.

“Por que você cometeu o erro?”

“Por que você não foi cuidadoso?”

“Eu vi isso chegando.”

Esse tipo de acusação deixa o marido inquieto. Seu ego masculino é quebrado e esmagado pelo seu incessante incômodo sobre suas responsabilidades. Ele odeia esse aspecto de você. Esta é a razão pela qual ele mantém uma distância segura de você.

Se você realmente quer que seu marido o procure para compartilhar seus sentimentos, você tem que renunciar ao seu incômodo.

Em vez de acusar seu marido, torne-se seu melhor amigo que sempre estará ao seu lado em todos os seus altos e baixos e em todos os seus erros e defeitos.

“Não se preocupe. Todo mundo comete erros. Esqueça. Nós podemos fazer isso.

Você pode ver as palavras que você está usando?

As palavras não preocupação transmite a mensagem de que você esqueceu seus erros.

A palavra nós diz que você não o isola.

Quando você não faz seu marido se sentir culpado, ele facilmente renuncia à barreira emocional que ele construiu em torno dele.

2. amá-lo incondicionalmente

Seu marido pode não ser tão bem sucedido quanto você.

Ele pode não ter a capacidade que você tem.

Ele pode ser distraído e esquecido nos deveres da família.

Apesar de todos os seus inconvenientes, ame-o incondicionalmente.

Seu marido gosta quando você o ama sem um preço.

A maneira mais fácil de quebrar a barreira emocional do seu marido é aceitá-lo com todas as suas falhas.

3. Nunca desenterre seu passado

O passado de seu marido pode não valer a pena discutir. Ele pode ter tido uma infância abusiva.

Ele pode ter falhado várias vezes em sua vida.

Seu marido pode ter tido casos amorosos antes de se casar com você.

Seu passado pode ser algo que ele quer esquecer. Ele pode odiar discutir com você, uma vez que traz de volta memórias amargas para ele.

Esta é a razão pela qual ele fica na defensiva quando você desenterra seu passado.

Nunca faça isso.

Seu passado nunca deve importar para você.

Quando você desiste de falar sobre o passado infeliz do seu marido, ele se sente confortável com você.

Sua natureza compreensiva definitivamente fará com que seu marido tire seu manto de segredo dele para compartilhar seus verdadeiros sentimentos com você.

4. Seja encorajador

Seu encorajamento significa muito para o seu marido. Isso faz com que ele sinta que você valoriza seu papel na família.

Mas, muitas vezes você o compara com seus colegas de trabalho mais bem-sucedidos.

Quando você degrada sua capacidade, seu marido fica tenso. Você esvaziou o ego masculino dele.

Esta é uma maneira errada de romper a barreira emocional do seu marido.

Seja encorajador e solidário

Quando você encoraja seu pequeno sucesso, seu marido começa a confiar em você.

Quando seu marido começa a confiar em você, ele nunca vai parar de fazer isso.

Sim!

Sua confiança em você é um gergelim aberto para quebrar a barreira emocional de seu marido.

5. Dê-lhe apoio emocional

Você, como uma mulher, abertamente deixa de falar sobre seus problemas. Mas, seu marido nunca confidencia seus sentimentos sobre seus problemas. Ele mantém isso dentro de si mesmo. Ele não exibe abertamente suas emoções quando sente que você vai desprezá-lo.

Aqui estão algumas maneiras fáceis de se tornar seu melhor amigo com quem ele quer compartilhar todos os seus sentimentos, emoções e segredos.

Quando seu marido estiver deprimido, seja solidário.

Quando ele está tenso, nunca comece uma discussão.

Quando ele está com raiva, abster-se de responder de volta.

CONCLUSÃO

“O amor não reconhece barreiras. Salta obstáculos, salta cercas, penetra paredes para chegar ao seu destino cheio de esperança. ”- Maya Angelou

Quando você faz essas coisas, seu marido sente que ele tem todo o seu apoio emocional. Algo que ele precisa drasticamente.

A barreira emocional do seu marido não é inquebrável. Ganhe sua confiança. Amá-lo sem anexar quaisquer cordas para ele. Empatia com ele. Agora você pode entrar facilmente na barreira emocional que seu marido construiu em torno de si mesmo.

Conflitos de ego em seu marrige

Você sabe que a sensação de que “estou sempre certo e meu cônjuge está sempre errado” geralmente leva a ego confrontos na tua casamento?

confrontos ego em seu casamento ocorre quando você não vê olho no olho em questões familiares

E os confrontos do ego podem destruir o quociente de felicidade de seu casamento de uma maneira realmente ruim.

Você está se perguntando por que os choques do ego têm um impacto tão terrível em sua vida de casados?

É porque quando você é egoísta, você nunca entende o ponto de vista do seu cônjuge. Você sente que está sempre certo e que seu cônjuge está sempre errado.

Esta é a razão pela qual os confrontos do ego literalmente matam seu relacionamento como nenhum outro aspecto em seu casamento pode fazer.

Sim!

  • Isso faz com que ambos se tornem indiferentes uns aos outros.
  • Você nunca se preocupou em fazer as pazes com seu cônjuge, pois seu ego nunca permitirá que você admita suas falhas. Ele também faz o mesmo.
  • Você quer que seu cônjuge reboque sua linha até o ponto. E isso invariavelmente não acontece quando ele sente o mesmo.
  • Ambos não sentem que é seu dever fazer o seu casamento funcionar.
  • A interação de ambos invariavelmente termina em argumentos amargos.
  • Ambos são egocêntricos e egoístas.

Por que você se comporta de maneira egoísta em relação ao seu cônjuge?

Quando você se sente convencido de que é muito melhor do que seu cônjuge em muitos aspectos, ignora completamente o ponto de vista dele. Você está muito concentrado em seu próprio nível de conforto e é insensível aos sentimentos de seu cônjuge.

E o resultado líquido de tais confrontos no seu casamento?

Você não se comunica com seu cônjuge.

Você acha que é melhor que seu cônjuge de várias maneiras.

Você verbalmente abusar dele.

Você destrói emocionalmente sua esposa.

Uma grande fenda se desenvolve entre vocês.

Seu cônjuge se sente negligenciado e negligenciado por você. Ele sente que cometeu um grande erro ao se casar com você.

Como será seu relacionamento quando você é egoísta em relação ao seu cônjuge?

Muito aquecido e hostil.

Houve tais choques de ego entre você quando você estava apaixonado?

Não havia.

Por quê?

Seu amor pelo seu cônjuge foi tão intenso e profundo. Você se concentrou nos aspectos bons e ignorou os maus.

Mas depois do casamento, o cenário muda.

  • Ambos se tornam teimosos.
  • Ambos não têm paciência para ouvir um ao outro.
  • Ambos não têm empatia.
  • Ambos se concentram nos aspectos negativos um do outro.
  • Ambos querem provar que o outro está errado.
  • Ambos querem sair como vencedores como se estivessem lutando uns contra os outros.

Onde essas qualidades negativas levam seu relacionamento?

Isso leva a confrontos de ego consistentes em seu casamento. Isso destrói sua felicidade. Você finalmente optar pelo divórcio.

Triste, não é?

Que seu casamento deve terminar porque ambos se sentiram egoístas e imprudentes.

Você está se perguntando sobre as razões para os confrontos do ego em seu casamento?

Aqui vai!

1. Você é teimoso

Você sempre quer que as coisas sejam feitas do seu jeito.

Quando seu cônjuge tem visões diferentes sobre um tópico, você nunca se arrepende.

Você discute sobre tudo o que sua esposa diz.

Você nunca ouve o ponto de vista dele.

Você não tem paciência.

Você não é flexível.

Você evita discutir questões familiares como você acha que sabe o melhor.

2. Você tem complexo de superioridade

Você acha que é melhor que seu cônjuge de várias maneiras.

Você também sente que sua educação é superior a ele.

Você sente que é mais inteligente do que ele.

Se você ganhar mais do que o seu cônjuge, sua atitude arrogante em relação a ele torna os confrontos do ego em seu casamento uma característica permanente.

Se você é melhor do que seu cônjuge, você sente que ele não é páreo para você na aparência.

Na verdade, o complexo de superioridade é um subproduto do complexo de inferioridade. Você quer se mostrar melhor do que seu cônjuge para que você tenha mais a dizer em assuntos familiares.

3. Você está orgulhoso

É muito importante que você tenha orgulho de si mesmo. Sem orgulho, você se sente inferior e menos sobre você. O orgulho é o ingrediente mais vital que você precisa em sua vida.

Mas pensar que você é o melhor é arrogância. Essa arrogância faz da sua vida de casada uma guerra de confrontos persistentes com o ego.

Sim!

Quando o orgulho que você tem em si mesmo excede seu limite, facilmente leva a confrontos de ego em seu casamento.

Você sente que tem todas as qualidades positivas enquanto o seu cônjuge tem todos os pontos negativos.

Você continua apontando para o seu cônjuge quanto melhor você é do que ele. E naturalmente seu cônjuge fica enfurecido e furioso com sua vaidade.

4. Você é egoísta

O egoísmo não tem lugar no casamento.

Quando você é egoísta, você quer tudo por si mesmo. Você não compartilha os compromissos financeiros da família.

Você compra coisas boas só para si mesmo. Você nunca presenteia seu cônjuge.

Você está muito concentrado em seu conforto e quer que seu cônjuge faça todos os ajustes.

Você pensa tudo do seu ângulo. Você tem o estranho truque de tornar seu cônjuge o culpado por trás de todos os problemas familiares que você está enfrentando.

5. Você nunca deixa ir

Você nunca quer acabar com suas lutas.

Você prolonga por dias cavando velhas lutas que aconteceram há muito tempo.

Você nunca deixa argumentos permanecer como argumentos.

Você se torna tão abusivo que seus argumentos se tornam lutas gigantescas entre você. E seu impacto muitas vezes leva seu casamento ao tribunal de divórcio.

6. Você assume significado interno em comentários inócuos

Cada palavra proferida pelo seu cônjuge é analisada com hostilidade por você.

Você interpreta mal tudo o que seu cônjuge diz.

Você se importa de ler o seu cônjuge, o caminho errado.

Você sente que seu cônjuge está prestes a destruir sua felicidade.

7. Você está insultando e degradando

Suas palavras egoístas ferem o ego do seu cônjuge.

Você zomba de sua aparência.

Você degrada sua maneira de fazer as coisas.

Você faz comentários humilhantes sobre o seu cônjuge antes de seus amigos / parentes.

Naturalmente, seu cônjuge acha isso intolerável quando você o degrada de muitas maneiras.

CONCLUSÃO

“Aquele que ama menos, controla o relacionamento.” ~ Robert Anthony

Quando há choques persistentes do ego em seu casamento, não há felicidade que valha o nome.

Se você quer que seu relacionamento sobreviva, é preciso dar adeus ao seu ego.

Caso contrário, seu ego pode destruir seu casamento ao nada.

Você nunca quer que aconteça ao seu casamento, não é?

Medo pela sua sogra – Por que isso acontece na maioria das famílias?

Seu medo pela sua sogra te faz brigar com seu marido por ela, não é?

O medo pela sua sogra deriva do controle total que ela tem sobre o seu marido

Você geralmente acha impossível se dar bem com ela. Na verdade, seu relacionamento com ela é sempre conflitante e conflituoso. Há também momentos em que você tem um tremendo medo pela sua sogra.

Por que você tem medo de sua sogra, apesar de ser uma mulher moderna?

  • Sua dominação total na família te incomoda.
  • Ela conhece o truque estranho para controlar seu marido. Ele está com a língua presa na frente da mãe e pensa que ele é o filho de uma mamãe.
  • Ela instiga seu marido contra você. – Você está com raiva dele quando ele acredita em sua mãe.
  • Ela faz comentários indesejados sobre sua família. Seu sangue ferve de raiva por sua audácia de degradar sua família.
  • Ela olha com desaprovação a maneira como você se veste. – Ela sente que seu código de vestimenta não está de acordo com o decoro de sua família.
  • Você não está preocupado com sua atitude de apego ao seu marido. Você não gosta um pouquinho.

Por que isso acontece na maioria das famílias modernas?

É porque a sua sogra nunca entende que você tem mais direitos do que ela na vida do filho. Ela ainda sente que é a única força dominante na vida de seu filho. Esta é a razão pela qual ela literalmente se apega a ele em nome do amor materno.

Se ela tivesse dado um passo para trás para deixar você aproveitar seu relacionamento com seu marido, você a teria respeitado.

Mas a sua sogra respira no seu pescoço. Sua presença constante impede que você tenha momentos pessoais com seu marido. Você também sente que rouba seus direitos sobre o seu marido, invadindo e interferindo em seu espaço pessoal com ele.

Sua sogra nunca permitiria que você tomasse liberdades com seu marido, pois ela teme perder o controle sobre o filho.

Esta é a causa número um para o cabo de guerra entre você e sua sogra. Você quer que ela entenda sua posição inexpugnável na vida do seu marido.

Mas a sua sogra nunca permitirá a você a liberdade que deseja, pois ela teme que seu filho seja arrancado por você.

Sim.

Sua sogra nunca deixará seu filho.

Seu medo pela sua sogra deriva das muitas coisas que ela faz.

  • Ela literalmente se apega ao filho que te deixa louco de raiva.
  • Ela não lhe dá a liberdade de fazer o que você quer para o seu marido.
  • Ela teme seu futuro domínio.
  • Ela instiga seu filho contra você.
  • Ela fofoca muito sobre você.
  • Ela nunca vai deixar você entrar na cozinha – uma mulher governa sua cozinha. É o domínio dela. Ela nunca deixará a cozinha ir para suas mãos, pois ela teme que isso signifique perder seu poder.
  • Ela emocionalmente chantageia seu marido por suas histórias soluçando sobre as dificuldades que ela passou ao trazê-lo. E seu marido se dobra facilmente sob o impacto do sentimento da mãe.
  • Você não conversa com ela com simpatia, pois está irritado com sua atitude dominante e interventora.

Estas são as razões pelas quais você se sente completamente isolado dela.

Como uma sogra tornou-se uma força dominante na família?

Há muito, muito tempo, era o homem que ganhava para a família. A mulher ficou para cuidar de sua família. Ela não tinha exposição mundana. Ela nunca teve uma mente própria.

Depois do casamento, a recém-casada naturalmente ficou diretamente sob o controle de sua sogra, que governou a família com mão de ferro.

Mas agora os tempos mudaram. Como uma mulher moderna, você se tornou muito assertivo e confiante. Você é financeiramente independente. Você nunca seria servil como suas irmãs da geração de ontem. Você quer o seu devido. Você quer seu espaço pessoal com seu marido intacto.

Tentar te calar na gaiola da família faz com que você se sinta enfurecido e com raiva. Esta é a razão pela qual você não pode se dar bem com a sua sogra.

Você tem discussões desnecessárias com seu marido sobre sua falta de independência. Você quer viver sua vida de casado independentemente, o que é impossível com a sua sogra por perto.

Você não pode educar seus filhos, como deseja quando sua sogra continua lhe dando conselhos antiquados sobre educação infantil. Você se irrita dentro de si mesmo em raiva e irritação impotentes.

Você sente que a família conjunta lhe nega o direito de viver sua vida de casada como preferir.

Família conjunta é um conceito bonito, mas somente quando é vivido da maneira correta. Nesta idade moderna, ninguém tem paciência para se ajustar com outros membros da família. E a paciência e a tolerância são dois ingredientes-chave para as necessidades da família.

Erros do seu marido

Seu marido comete o pior erro de sua vida quando ele tenta obter o melhor dos dois mundos. Como um filho obediente que cuida de seus pais e um marido amoroso que adora sua esposa, ele vacila em confusão entre você e sua mãe.

Ele nunca percebe que isso nunca pode acontecer!

Como ele pode esperar dois vencedores pelo primeiro lugar?

Sim!

Seu marido deve perceber a realidade pesada que seu primeiro dever é com você e seus filhos. Você é o único que vai estar com ele em todos os altos e baixos de sua vida e não sua mãe.

Seu marido deve apoiar seus pais financeiramente e psicologicamente, até o dia em que viverem. Ele nunca deve torná-los financeiramente privados. Mas ele também não deve empurrar seus pais para você.

Você não tem por que se intrometer quando seu marido ajuda seus pais. É seu dever. Ele é o que ele é hoje por causa deles. Então, você deve entender que ele é obrigado a eles. Ele deveria ajudá-los e apoiá-los.

Quando você e sua sogra competem um com o outro para ser o poder na vida de seu marido, ele é um espectador desamparado do cabo de guerra entre você e sua mãe.

Você não pode empurrar sua sogra para longe de sua vida desse jeito. Você deve seu respeito. Você deveria ser amigável com ela. Mas, infelizmente, isso nunca acontecerá enquanto você morar na mesma casa.

Sua sogra deve perceber que seu auto-respeito e auto-estima estão em jogo quando ela mora com você.

Se o seu marido insiste na família conjunta, você acabará por trancar chifres com a sua sogra. Ele nunca iria gostar disso.

Então, o que exatamente o seu marido deve fazer para superar seu medo pela sua sogra?

Ele deveria resolver seus pais em um lugar separado. Sua sogra deve perceber a verdade bruta de que seu filho é seu marido e você tem mais direitos sobre ele do que ela. Isso não faz de forma alguma sua importância na vida do seu marido menor.

Quando ela vive longe de você, você pode facilmente superar seu medo pela sua sogra. Viver independentemente trazer muitas mudanças refrescantes em seu relacionamento com ela. Você não a considera mais como sua inimiga.

Você mostra de bom grado excelente hospitalidade quando ela o visita. Você também tem a liberdade de viver sua vida de casada como você sonhava. É isso que as mulheres mais modernas anseiam. E com toda a razão!

Seu marido é emocionalmente dependente de você

Você ficaria surpreso em saber que seu marido é emocionalmente dependente de você de várias maneiras.

Seu marido é emocionalmente dependente de você de várias maneiras

Você está atordoado, não é?

Você sempre pensou que seu marido era mandão e esnobe, não é?

Você tinha motivos válidos para acreditar nisso.

  • Seu marido nunca mostra que ele se importa com você.
  • Ele passa horas solitárias antes da televisão video games internet. E ele parece gostar disso sem pensar em interagir com você.
  • Ele anda pela casa sem erguer os dedos, deixando-o escravo sozinho com suas intermináveis ​​tarefas domésticas.
  • Seu marido não é amigável com você.
  • Ele não se incomoda em ouvir você.
  • Ele não confia em você.
  • Ele domina você de várias maneiras.

Você odeia essas características do seu marido, não é?

Estranhamente, este não é o seu verdadeiro eu.

Estas são a demonstração externa de seu poder masculino. Ele faz isso para fazer você entender que ele é seu próprio mestre.

Embora ele pareça indiferente, seu marido é emocionalmente dependente de você.

Você sabe por quê?

Seu marido não tem sua força mental.

Ele facilmente fica sob a pressão de problemas familiares. Ele não pode lidar com isso sem o seu apoio moral.

Sim.

Seu marido pode ser mais forte que você fisicamente. Mas debaixo de sua força, ele é uma criança. Essa criança dentro dele procura proteção de você.

Ele está acostumado a ser cuidado desde a infância. Sua mãe cuidou dele antes de seu casamento e o dever passa para você depois do casamento.

Seu marido literalmente se sente livre de responsabilidades familiares quando você está por perto. Na verdade, ele não pode ficar sem você.

Mas ele finge ser uma pessoa forte que tem a capacidade de lidar com qualquer problema que possa surgir em seu caminho.

Só ele sabe que não pode enfrentar seus problemas sem você.

É um fato hardcore que uma esposa é mais forte que seu marido, mentalmente.

Geralmente, considera-se que uma esposa é mais emocionalmente dependente de seu marido. Mas não é assim. Você é mentalmente forte para lidar com a atitude insensível de seu marido.

‘Meu marido é o que ele é. Eu nunca posso mudá-lo para ser mais amoroso e solidário para mim, você diz a si mesmo. Quando seu marido não demonstra seu cuidado com você, você aprende a cuidar de si mesmo. Você imediatamente muda sua atenção para seus filhos. A vida continua como de costume para você.

Quando você se sente estressado pela atitude insensível de seu marido, compartilha seus sentimentos com os amigos.

Você pode ver que tem alguém para deixar seu vapor?

Mas seu marido nunca compartilha suas emoções com os outros. É porque, como homem, ele é ensinado a ser corajoso e forte. Ele se torna forte, mas apenas fisicamente. Mentalmente, seu marido é tão fraco quanto uma criança.

Como seu marido esconde seus sentimentos de você?

Suas pressões de relacionamento permanecem como um segredo dentro dele. Ele não discute isso com ninguém, nem mesmo com seus amigos. Esta é a razão pela qual seu marido se torna facilmente temperamental e indiferente quando está perturbado.

Quando seu marido está com raiva, ele pronuncia palavras que o magoam profundamente. Ele abusa de você e faz você se sentir amado. Quando há uma discussão entre você, ele ataca você com raiva venenosa para mostrar que ele não pode ser dominado por você. Mas internamente ele se enche de vergonha com a verdade por trás de suas acusações.

Mas, depois de sua explosão de raiva, seu marido se torna silencioso e sombrio. Ele se sente envergonhado por ter te machucado. Ele se afasta de você, mas internamente seu marido se sente muito infeliz por sua demonstração de raiva contra você. Ele está em grande dor emocional que você pode não entender o amor dele por você. Ele também está preocupado que você possa parar de amá-lo.

Ele não pode fazer sem o seu apoio moral e amor. Então, ele imediatamente te persuade a identificar que você é o pilar de força dele. Você imediatamente se derrete em amor e perdoa-o.

Você está se perguntando por que seu marido esconde sua dependência emocional de você fingindo uma atitude dominadora em relação a você?

É porque o seu marido nunca quer que você saiba sobre sua fraqueza. Ele está apreensivo com o fato de você considerá-lo manso se souber sobre sua dependência emocional de você.

Quando seu marido quer a sua segurança emocional de volta, ele fará de tudo para apaziguar você.

Você se torna emotivo sobre o aspecto de seu caráter. Você literalmente se apega a essa característica de seu marido para viver seu casamento.

Seu marido é emocionalmente dependente de você para a sobrevivência do dia-a-dia também. Ele se sente perdido quando você está ausente de casa. Ele é incapaz de lidar com a necessidade de cuidar de si mesmo.

Ele quer que você seja solidário e protetor em relação a ele. Ele quer que você seja mãe dele para que ele se sinta seguro e cuidado.

Você sabe que seu marido odeia sua dependência emocional de você?

Isso faz com que ele sinta que isso pode lhe dar uma razão para dominá-lo. Então, ele não mostra isso.

Sim.

Embora seu marido seja emocionalmente dependente de você, ele odeia seu desamparo ao depender totalmente de você.

Então, ele sopra quente e frio em seu comportamento em relação a você. Um dia ele é amoroso e carinhoso. E quando ele sente que você está se aproveitando disso, ele se afasta friamente de você.

Você nunca realmente o entende. Esta é a razão pela qual você tem todos os tipos de dúvidas sobre o amor de seu marido. Não se preocupe. Ele ama você, mas em seus próprios termos e condições. É assim que sua mentalidade masculina o impele a fazer.

Conclusão

“O ato real do casamento acontece no coração, não no salão de baile, na igreja ou na sinagoga. É uma escolha que você faz – não apenas no dia do seu casamento, mas de novo e de novo – e essa escolha se reflete na maneira como você trata seu marido ou esposa. ”- Barbara De Angelis

Não adianta quebrar a cabeça que o seu marido não mostra o seu amor abertamente e francamente. Você deve perceber que sem você ele se sente perdido e sozinho, como uma criança.

Esta é a verdadeira vitória que você tem sobre o seu marido, não é?

Problemas no casamento – Facilmente solucionável se você seguir essas idéias sensatas

Problemas de casamento fazem você ficar nervoso, não é?

problemas de casamento podem ser facilmente resolvidos se você conhecer os truques

Você está mentalmente exausto pela interminável procissão de problemas que enfrenta em seu relacionamento. Parece consistentemente vir a destruir a felicidade quiotent de seu casamento.

Você sonhadoramente deseja que todos os problemas do seu casamento desapareçam em um momento, não é?

Mas isso nunca acontece – nem mesmo em seus sonhos.

Não há um único casal que desfrute de um casamento perfeito em todo o mundo.

As celebridades perfeitas que dão poses amorosas também têm imensos problemas conjugais.

Os Royals também têm problemas em seu casamento.

Então, nunca pense que você é o único que sofre de problemas matrimoniais.

O que acontece com o seu relacionamento que o brilho e brilho do seu amor se desgasta muito facilmente?

Por que seu casamento se torna complicado e complexo?

A resposta é simples!

É você que complica seu relacionamento, atribuindo uma importância indevida a seus aspectos negativos.

Você está quebrando a cabeça sobre as maneiras de resolver seus problemas de casamento?

Aqui estão algumas soluções super fáceis

1. Nunca, complique seu relacionamento

Você tem muitos problemas relacionados ao trabalho que fazem você se sentir estressado e tenso, não é?

Mas, você não é afetado emocionalmente pelo comportamento de seus funcionários superiores.

Por quê?

Porque você tem apenas relacionamento profissional com eles. O estresse que você sente em seu local de trabalho não o abala mentalmente, pois sua interação com eles é superficial e superficial.

Mas você não pode dizer o mesmo sobre o seu casamento. Você está emocionalmente maltratado quando tem problemas matrimoniais. Ao contrário de seu relacionamento com seus colegas em seu local de trabalho, seu relacionamento com seu cônjuge é altamente emocional e sensível.

Eu tenho certeza que a maioria de cometer esses erros de relacionamento em sua vida de casado.

  • Você está com raiva de seu cônjuge por razões inócuas.
  • Você facilmente se torna amargo e ressentido contra o seu cônjuge.
  • Você clama por direitos sem realizar seus deveres.
  • Você toma um significado literal para as palavras ditas pelo seu cônjuge em um surto de raiva.
  • Você faz muito barulho sobre as pequenas falhas do seu cônjuge.

Você pode ver como você complica sua vida de casado?

Aplique uma pausa em suas emoções antes que ela destrua seu relacionamento. Aceite o fato severo de que seu cônjuge será diferente de você. Então, nunca tente mudá-lo de acordo com o seu gosto. Isso nunca acontece.

Aceite seu sposue para o que ele é.

2. Dê adeus às expectativas irrealistas

Expectativas muito altas inevitavelmente levam a problemas no casamento. Quando há grandes expectativas, também há grandes decepções.

Você sonha que sua vida de casado seria cheia de amor e riso. Mas, na realidade, o seu relacionamento geralmente passa por mau tempo. Você está perplexo com os aspectos negativos do seu cônjuge. Você está totalmente desapontado quando seu cônjuge idealista imaginado é muito normal, sem graça e totalmente diferente da pessoa que você viu durante os seus dias de amor.

Você está se perguntando como lidar com esses problemas difíceis de casamento?

  • Seja emocionalmente aterrado.
  • Não espere muito do seu cônjuge.
  • Aceite-o como ele é.
  • Tolere as pequenas falhas do seu cônjuge.

Entenda que leva muitos anos até que seu casamento se normalize.

3. Espaçamento é a essência de um bom relacionamento

Seu esposo é um indivíduo. Ele precisa da privacidade dele. Nem sonhe em entrar na zona pessoal do seu cônjuge. Isso cria intensa raiva e ressentimento em sua mente.

  • Permita que seu cônjuge faça as coisas como ele quer.
  • Não respire o pescoço do seu cônjuge 24 7.

Espaçamento pessoal é muito importante para o seu relacionamento sobreviver.

Pergunte a qualquer casal bem sucedido a razão por trás de sua felicidade. Sua resposta é invariavelmente-espaçamento.

Sim, o espaçamento evita muitos problemas na vida conjugal.

4. Nunca, estenda seus argumentos

Argumentos e lutas são comuns entre casais. Mas desenterrar velhas lutas é um grande não. Ele imediatamente transmite a mensagem de que você estava guardando ressentimento sobre sua esposa até agora. Este é um dos maiores motivos para problemas conjugais.

  • Você estende brigas por dias.
  • Você quer sair vencedor.
  • Você quer provar que seu cônjuge está errado.
  • Você arrasta a família do seu cônjuge para sua luta.
  • Você não fala por dias.
  • Sua mente revive as palavras amargas faladas pelo seu cônjuge repetidamente.
  • Você faz comentários negativos sobre sua aparência – um tópico muito delicado.

Esqueça seus argumentos imediatamente. Não o arraste até que os dois se sintam hostis um com o outro.

5. Nunca, permita intrusão de terceiros

Você corre para seus pais com uma lista de reclamações sobre o seu cônjuge?

  • Total erro da sua parte.

Seus pais vêm em seu auxílio discutindo com seu cônjuge em seu nome?

  • Total erro da sua parte.

Você não precisa de outra pessoa para aconselhá-lo sobre o seu relacionamento. Ambos são maduros o suficiente para conhecer as maneiras de tornar seu casamento feliz e estável. A intrusão de terceiros torna seu relacionamento feio.

RESUMO DAS SOLUÇÕES SIMPLES PARA SEU CASAMENTO PROBLEMAS

  • Reconheça que o seu cônjuge é um indivíduo e, portanto, tem seus próprios caprichos e fantasias.
  • Negligencie os hábitos irritantes do seu cônjuge. Não é um grande problema.
  • Tem um belo espaçamento entre vocês.
  • Seja solidário.
  • Nunca seja muito exigente com os seus direitos – um certo tiro pela culatra.
  • Não desenterre velhas lutas para dar força às suas novas lutas.
  • Esquecer o passado.
  • Respeite seu cônjuge pelo que ele é.
  • Não bisbilhote seu cônjuge.
  • Não traga seus filhos para seus argumentos.
  • Aceite o fato de que o amor frenético de seus dias de namoro nunca existirá depois do casamento.
  • Nunca peça um mediador de terceiros para resolver seus problemas de casamento. [ It makes your problems even worse]
  • Seja prático quando houver necessidade.
  • Seja muito amoroso e compreensivo, como seu cônjuge precisa.
  • Nunca, jamais, supere seu cônjuge.
  • Não passe o seu cônjuge até o último centavo.
  • Não trate o seu cônjuge com muita responsabilidade.
  • Não seja dominando e controlando.
  • Não tente assumir o controle do dinheiro suado do seu cônjuge. É inevitavelmente snowballs em um assassino de relacionamento.

CONCLUSÃO

“Trabalhe em seus relacionamentos… Relacionamentos precisam de renovação ou eles morrem.” – Bo Sanchez

Demandas e mais exigências fazem seu casamento estressado e tenso. As expectativas impraticáveis ​​e irrealistas tornam sua vida de casada altamente decepcionante.

Entenda que os problemas conjugais são parte integrante de qualquer relacionamento. Perceba que você não é inimigo para lutar pela supremacia dia após dia. Saiba que você está no mesmo time. Esta é a razão pela qual o sucesso do seu casamento depende de ambos.

Fazendo as pazes com o seu cônjuge

Fazer acima com seu cônjuge depois de uma briga enorme com ele ela não é assim tão fácil.

fazer as pazes com sua esposa depois de uma briga torna seu relacionamento estável

Você não pode esquecer facilmente a amargura causada pelas palavras duras que seu cônjuge pronunciou, não é?

Ele continua voltando para você para fazer você se sentir irritado e ressentido contra ele.

Mas, você se sente envergonhado pela maneira como se comportou depois que sua raiva se acalma. Você quer normalidade de volta ao seu relacionamento.

Sim!

O amor pelo seu cônjuge é tão intenso que você o esquece e perdoa. “As palavras ditas pelo meu cônjuge foram apenas um lampejo de raiva momentânea. Ele me ama. Fui eu quem fez muito barulho sobre um assunto inócuo ”, você diz a si mesmo com pesar.

Agora tudo que você quer é fazer as pazes com o seu cônjuge.

Mas seu ego nunca permitirá que você assuma sua culpa.

Não!

Nunca se sinta egoísta em se juntar ao seu cônjuge. Isso significa a desgraça para o seu casamento.

Vamos olhar para as razões comuns para suas lutas e discussões com seu cônjuge?

Argumentos e lutas entre você brotam quando o estresse ou a tensão relacionados ao trabalho ou à família consomem sua energia e paciência.

Quando você retorna cansado e fatigado do trabalho, você quer um pouco de paz em casa. Mas quando o seu cônjuge espera por você com uma longa lista de reclamações, você fica naturalmente nervoso.

Argumentos entre você começa com ferocidade. Ambos não estão dispostos a desistir. Logo seu argumento se transforma em uma grande briga.

Palavras amargas e duras voam ao redor, com cada um acusando o outro de vingança.

Mas, o resultado de qualquer luta ou argumento é arrependimento e remorso, não é?

Você acha que deveria ter sido um pouco mais paciente e compreensivo. Você quer fazer as pazes com o seu cônjuge, mas se sentir apreensivo sobre a reação dele.

Você se preocupa principalmente com o fato de receber mais uma bronca de seu cônjuge.

Eu quero contar a você sobre minha experiência.

Meu marido era propenso a birras temperamentais quando estava zangado. Mas depois que sua raiva esfriou, ele sempre se sentiu envergonhado de sua demonstração violenta de raiva.

Seu jeito de trégua era sempre comprar meu doce favorito. Ele colocaria o doce perto de mim e olharia timidamente para mim. Eu não pude deixar de sorrir para ele. Fazer as pazes depois de uma briga era simples assim para nós.

Mas nos casamentos modernos, pedir desculpas depois de uma briga se tornou uma questão de ego.

Você se sente egoísta para pedir perdão.

Esta é uma maneira errada de lidar com as conseqüências das lutas entre você. A menos que você faça as pazes com seu cônjuge, suas brigas podem gradualmente levar seu casamento ao divórcio.

Você está se perguntando sobre as maneiras de se relacionar com seu cônjuge?

Aqui estão as maneiras maravilhosas de fazer a trégua perfeita que seu relacionamento precisa!

Não 1. Maneira de fazer as pazes com seu cônjuge é admitir sua culpa

Quando você está errado, você deve aceitá-lo. Nunca tente provar que está certo.

Principalmente sua luta nunca termina porque você não faz o caminho certo. Você começa a se defender quando pede desculpas.

Esta é uma maneira errada de fazer as pazes com o seu cônjuge. Quando você se defende, na verdade está tentando provar que a culpa pela briga foi sua esposa. Isso acende uma luta renovada entre vocês.

Seu cônjuge também quer provar que ele não estava errado.

Defender-se não é o caminho para acabar com a sua luta.

“Sinto muito” palavras tão simples, não é?

Mas o seu cônjuge é facilmente pacificado quando você culpa sua culpa.

Mesmo se você estiver certo, não tente justificar que estava certo e que seu cônjuge estava errado. Isso pode fazer sua luta durar dias, pois seu cônjuge se ressente do seu santo do que da sua atitude.

Não 2 maneira de fazer as pazes com o seu cônjuge é pedir desculpas a maneira correta

Não adianta quando você pronuncia formalmente a palavra desculpe.

Isso deixa sua esposa ainda mais irritada quando você acha que ele deve aceitar seu pedido de desculpas.

Tire um tempo para a raiva de seu cônjuge diminuir. Não adianta pedir desculpas quando sua raiva é vívida e crua. Ele nunca aceitará isso.

Depois de ver sinais visíveis que a raiva da sua esposa esfria, sente-se ao lado dele. Olhe diretamente nos olhos do seu cônjuge. Se você procurar em outro lugar enquanto pede desculpas, seu cônjuge imediatamente sente que você não está realmente arrependido pela briga.

Explique a ele que você perdeu seu temperamento e que você está realmente triste pela mágoa que você infligiu.

Não há maneira de fazer as pazes com o seu cônjuge e aceitar o pedido de desculpas imediatamente.

Sua esposa estava errada?

Ele se desculpa com você?

Aceite isso imediatamente. Não estenda a luta apontando seus erros e faça a luta continuar para sempre.

Aceitar o pedido de desculpas do seu cônjuge é necessário se você quiser fazer as pazes com o seu cônjuge.

Não tome isso como uma chance de mostrar a ele sua tranqüilidade. Seu cônjuge não é seu inimigo que você deveria querer enganá-lo.

4 maneira de fazer as pazes com seu cônjuge é afastar-se da atmosfera tensa

Depois de pedir um pedido de desculpas, sugira ao seu cônjuge para um passeio. Quando você se afasta da cena de sua luta, você facilmente esquece sua amargura.

Ir para um jantar à luz de velas.

Vá para um filme.

Vá para fazer compras.

Você pode facilmente sentir sua raiva e ressentimento desaparecendo.

A mudança de clima torna mais fácil para ambos chamá-lo de trégua.

Não 5 maneira de fazer com o seu cônjuge é se comportar normalmente

A maioria de vocês está anormalmente silenciosa depois de fazer as pazes com seu cônjuge. É a sua maneira indireta de dizer que você ainda não superou sua raiva.

Você quer se retratar como um mártir. Então, você permanece estranhamente quieto. Você responde em monossílabos quando seu cônjuge fala com você.

Você pode ver que, embora a luta entre você tenha terminado, a inquietação entre você permanece?

Esta não é a maneira de fazer as pazes com o seu cônjuge depois de uma briga amarga. Continue se comunicando com seu cônjuge.

Quando você se comporta naturalmente com seu cônjuge, ele se sente relaxado e seu relacionamento volta ao normal.

CONCLUSÃO

As lutas são uma característica normal de todos os casamentos. Não é um sinal de um casamento fracassado. É parte integrante do seu relacionamento. Mas não fazer as pazes com o seu cônjuge é um sinal definitivo de um casamento fracassado.