Encontrando seu auto saudável para encontrar um outro saudável

A Relatora, Jenna Ponaman, compartilha sua história pessoal de encontrar auto-aceitação e autenticidade dentro de si para ser aberta (e encontrar), o melhor parceiro possível para ela.

Você já se encontrou em um relacionamento onde você se esforça tanto para fazê-lo exatamente como imaginou que seria, apenas para acabar com o desastre total? Eu! Eu! Soooooo eu! Eu sabia exatamente quem seria minha alma gêmea (teria sido Orlando Bloom, mas eu me contentaria com seu Doppleganger) e como seria meu relacionamento, e assim, sempre que eu entrasse em um relacionamento com alguém, eu tentaria quase imediatamente. para tomar o controle para conseguir o que eu queria – eu planejava as datas sem dar a ele a chance de qualquer contribuição, eu ligava ou enviava mensagens de texto o tempo todo para “fazer check-in”, dizendo que o amava (mesmo que não o fizesse) Eu realmente me sinto assim) apenas para ouvi-lo dizer de volta, e eu mesmo me encontrei constantemente sendo o único a seduzi-lo para ter certeza de que tínhamos uma vida sexual saudável.

Eu estava verificando todos os itens da minha lista de requisitos, apenas para descobrir que as relações terminavam muito cedo. Eu não percebi que – vamos ser reais – eu estava sendo muito louco. Mas, na verdade, perdi de vista quem eu era e o que realmente importava em um relacionamento. Eu tinha ido tão longe no buraco do coelho do conto de fadas de me apaixonar, que eu esqueci o que o amor na realidade significou para mim.

Meu momento “ah-ha” infelizmente veio quando a pessoa que eu estava tentando mudar era um parceiro abusivo.

Quanto mais eu tentava controlá-lo, mudá-lo ou consertá-lo, mais difícil era para mim ver que a única coisa que precisava de mudança ou conserto era eu. Eu gastei tanta energia tentando controlar a situação que perdi o controle de mim mesma – perdi minha voz, minha força, minha identidade – perdi tudo. Estar em um relacionamento abusivo era difícil e traumatizante, mas a fresta de esperança tornou-se tão evidente quando percebi que esse homem estava refletindo para mim exatamente o que eu havia me tornado e exatamente o que eu não queria mais ser. Se eu não me sentisse confortável e segura em minha própria pele e segura com quem eu era, como poderia criar um ambiente seguro com outra pessoa? Percebi então que a chave para criar o relacionamento que eu queria com um parceiro era primeiro recuperar o relacionamento que eu queria com Eu mesmo.

Então, como diabos eu faço isso ?! Mesmo depois de passar por desgosto após desgosto, sabendo que eu procurado Para fazer a mudança, o controle ainda era muito difícil de ser solto. Eu queria amor e queria agora. Por mais difícil que fosse controlar meus relacionamentos, a mudança foi ainda mais difícil. Esta é a minha vida que estamos falando aqui, como vou saber que vai funcionar?

A primeira coisa que tive que fazer foi parar de me concentrar no negativo “E se” – e se não der certo? E se eu não encontrar ninguém? E se eu não for bom o suficiente? Etc. – e começar a se concentrar nos aspectos positivos, como as qualidades de que eu realmente me orgulho. Então me perguntei: “Como seria minha vida se eu pudesse redefinir o“ perfeccionismo ”como sendo exatamente quem eu sou, peculiaridades e tudo, e realmente me apropriando disso? Que tipo de relacionamento poderia ser criado se eu tivesse a coragem de permanecer na minha autenticidade, e ficar completamente distante de saber se essa pessoa é ou não atraída por quem eu sou, porque eu sei que sou perfeita como eu sou, e eu mereço ser com alguém que me vê como apenas isso, e não vai se contentar com nada menos?

Este foi o meu momento de empoderamento final. Quando finalmente consegui abraçar minha singularidade, tudo mudou. Claro, eu tinha alguns relacionamentos que ainda terminavam, mas eles estavam longe de fracassar. Cada relacionamento, por mais longo ou curto que fosse, era uma bela experiência onde eu era exatamente quem eu queria ser, e meu parceiro era capaz de expressar quem eles eram. Compartilhamos risadas, compartilhamos gritos, compartilhamos abertura e criamos memórias para cada um dos nossos tesouros. Ainda mantenho amizade com alguns desses homens, porque o vínculo que tínhamos era tão grande de pessoa para pessoa. O momento finalmente chegou quando conheci meu parceiro atual e, com esse parceiro, criei o relacionamento exato que, no fundo, queria o tempo todo. Ele não é meu Orlando Bloom, ele não é nada nessa primeira lista de verificação – ele é um reflexo do amor e da felicidade que descobri em mim mesmo, e ele é puro amor incondicional, peculiaridades e tudo mais.

Minha vida está cheia e minha vida é abundante, não apenas porque encontrei meu parceiro, mas também me encontrei.

Nele para o longo curso: por que as taxas de divórcio estão caindo rápido | Vida e estilo

Eu Sou filho de pessoas infelizes e divorciadas. Aparentemente, há pessoas felizes e divorciadas, mas sempre achei que eram um mito; uma invenção dos anunciantes, que precisam que as pessoas sejam sempre felizes, mesmo in extremis. Seu coração pode estar em pedaços, mas como você usa uma caxemira e joga com um cachorrinho!

Para mim, foi como crescer cheio de estilhaços emocionais. Eu não acho que eu iria me casar, embora eu sempre quisesse. Eu me senti incapaz de confiar. Eu era tímida de amor. Sou casada agora, embora não saiba se vou continuar casada. Alguém realmente sabe se vai sobreviver? As fraturas entre nós são grandes e crescentes. Às vezes nós os preenchemos e às vezes não. Talvez um dia não desejemos mais.

Eu sempre tive um interesse macabro no casamento – e no divórcio. Era uma obsessão secreta e não reconhecida, que tentei fingir que estava acima. Antes de me casar, eu assombrava espetáculos de casamento deliberadamente – e insultuosamente. (Eu nasci para uma mulher que gritava aleatoriamente para as noivas: “Não faça isso!”) Eu estava com ciúmes e desdenhoso. Mas eu queria me casar e por motivos ruins. Eu queria me casar para mostrar que não estava quebrado. Eu queria me casar para provar que era desejada.

Pois é isso que o casamento é: o sinal universal de ser desejado, estabelecido e amado. Nada expõe suas necessidades – e defeitos – como relacionamentos. Quando fiquei noiva aos 39 anos, esperava parabéns, pois, como disse meu marido, citando Louis CK, ele era o último ramo ao qual me apeguei quando caí da árvore e casei com ele, pelo menos em parte, porque ele dizia coisas Curtiu isso. Ele sabia coisas sobre mim que eu não sabia. Meus amigos me trataram como um investimento ruim que, de forma súbita e milagrosa, produziu um dividendo.

Muitas vezes, você chega ao relacionamento mais importante de sua vida adulta como uma criança, com todas as necessidades, esperanças e medos de uma criança. Então, tenho perguntado às pessoas por que elas se divorciaram. É uma questão curiosamente íntima se você realmente se interessar e perguntar como eles se sentiram, em vez do que aconteceu. O que você estava procurando e como você se sentiu quando não apareceu?





Um bolo de casamento dividido com uma estatueta de um noivo em uma fatia e uma noiva do outro



“A geração que se casou há 30 anos se divorciou quase em massa.” Foto: Mike Kemp / Getty Images

Há menos divórcios nos dias de hoje. Em setembro, o Instituto Nacional de Estatística (ONS) revelou que, em 2017, apenas 8,4 por mil casais do sexo oposto se divorciaram. Isso é uma diminuição de 6% em relação a 2016, e a menor taxa de divórcio desde 1973, o ano em que nasci.

Aquele foi um ano de divórcio (37% dos que se casaram naquele ano se separaram), assim como 1993 (41%). Daqueles que se divorciam, a maioria tem 40 e poucos anos, e a duração mais provável de um casamento é de 12,2 anos. Morre, na maioria das vezes, na adolescência.

É diferente para casais do mesmo sexo; sua taxa de divórcio cresceu no mesmo ano, de 112 por mil para 228 por mil. Mas isso não é surpreendente. O casamento entre pessoas do mesmo sexo só foi legalizado na Inglaterra e no País de Gales em março de 2014. (Ele veio nove meses depois na Escócia e, normalmente, na Irlanda do Norte, aquele posto frio de intolerância, de modo algum). Para ter a chance de se divorciar, você tem que ter a chance de se casar primeiro. É igualdade de oportunidades, miséria – e esperança. Eles vão pegar.

Então, o divórcio está em declínio. Mas por que? É uma nova era de tolerância ou pobreza? Muitas pessoas são pobres demais para se divorciarem. Duas famílias são mais caras que uma. E um casamento posterior – que está na moda – geralmente significa um casamento mais efetivo, porque os sonhos impossíveis da criança estão mais distantes – e menores.

A idade média para um homem se casar é 30; para uma mulher é 28. Trinta anos atrás, eram 25 e 23, e é essa geração que se divorciou quase em massa. Quanto mais maduro você for no casamento, menor será o escopo para o desapontamento. Mas a principal razão pela qual o divórcio está morrendo é que o casamento está morrendo – e isso é bom.

O casamento, para mulheres ricas nas democracias ocidentais, é um sonho feliz e quem não ama sonhos? Um vestido de princesa é, afinal, dificilmente o traje de um adulto seguro e aterrado.

Eu sempre achei que um casamento era um tipo de narcótico muito peculiar e caro – e quem não ama narcóticos? Eu usava preto para o meu casamento, como se eu já estivesse antecipando ser uma viúva. Eu estava com tanto medo de decepção? Eu simplesmente me amaldiçoei em vez disso?

“Eu quero”, uma jovem mulher me contou sobre o seu próximo dia de casamento, “todos a olhar para mim. Eu sinto que tenho sido bastante negligenciado na minha vida. Meu irmão e irmã são tão felizes e dourados. Eu sou a pessoa escura no canto lendo Harry Potter. Eu gosto disso – me sinto segura – mas por um dia eu gostaria muito de ser o centro das atenções em mim. ”

Quase ninguém concordou em ser nomeado neste artigo. Mas eu não me importo que eles sejam anônimos, desde que sejam honestos.

Então, é narcótico. E, como um narcótico, deveria ser desnecessário; uma opção opcional, como fitas ou um quarteto de cordas em um dia de casamento. Porque narcóticos necessários apenas prendem você, eles mentem para você, e então, quando não há muito de você, eles te matam.

Muito temo que o casamento tenha sido resultado de muita Jane Austen, e embora ela tenha escrito muito sobre casamento, ela nunca fez isso sozinha. (Agora isso é sátira.) As mulheres não precisam de casamento por segurança financeira e status social e, cada vez mais, não precisam.

Muitas vezes, o casamento torna as mulheres mais pobres, porque cria dependentes. Estou tão longe da geração de minha mãe – em que o estupro dentro do casamento não era criminoso e obter uma hipoteca sem marido era tão provável quanto montar uma casa num arco-íris ou um sapato – como as mulheres bíblicas que se casaram com os irmãos do marido morto .





Duas mulheres em vestidos de noiva, sorrindo e tilintando taças de champanhe



Recém-chegados: a taxa de divórcio para casais do mesmo sexo está crescendo à medida que mais pessoas se casam em primeiro lugar. Foto: Dan Himbrechts / AAP

A medida em que as pessoas procuram suas relações de infância na vida adulta – pois você sempre nasce em um relacionamento – é notável. A artista Alice Gorton – uma das poucas pessoas com as quais conversei que estava disposta a se identificar – casou aos 24 anos, e ela me disse: “Tenho modelos na minha vida que me deixaram naturalmente confiante na idéia de casamento”. ela diz. “Os dois grupos de avós comemoraram seus aniversários de casamento de diamantes. Meus pais têm 28 anos e ainda estão muito apaixonados ”. Para ela, o casamento só poderia ser maravilhoso. Ela espera ser amada e amada. Se você espera ser ferido, você será ferido. Se você espera ser ignorado, você será ignorado.

Continuei a perguntar às pessoas por que se casaram e, às vezes, por que se divorciaram. As respostas que me deram foram contundentes e muitas vezes agonizantes.

Muitas mulheres dizem que pensaram que se casaram com adultos, mas tiveram filhos em vez disso. Crianças com quem tiveram filhos. Então, eles trabalhavam enquanto o marido tocava guitarra – ou com a Lego – e, eventualmente, quando não aguentavam mais, eles saíam, porque era melhor ficar sozinho. Ou sabotaram seus próprios casamentos com adultério ou bebem. Ou eles ficaram entediados – o narcótico, neste caso, parou de funcionar. Ou eles se apaixonaram por outras pessoas. Ou seus maridos os espancaram, ou apostaram, ou gastaram seu dinheiro e espancaram as crianças, ou simplesmente deixaram para outra pessoa.

Um casal com quem falei está planejando se divorciar, mas está esperando, por algum motivo, até depois do Brexit. Talvez eles queiram que o mundo colida em solidariedade a eles.

As pessoas que ficam juntas, no entanto, são aquelas que são maduras ou dedicadas o suficiente para resolver problemas juntas. Você pode sobreviver a qualquer coisa se sentir que está junto. Empatia – e perdão – é tudo. Se não, então todas as catástrofes humanas – enfermidade, luto, infidelidade e penúria – o dilacerarão. Você precisa ser capaz de tolerar a decepção, e é por isso que eu não queria um casamento branco. O abismo entre a expectativa e a realidade não pode ser muito grande. Você pode cair dentro

O advogado da família com quem falo insiste que há, da profissão legal, todas as tentativas de resolver. São os casais que não o fazem, mesmo que o divórcio contestado seja quase inédito hoje em dia. Tini Owens foi informada este ano, pelo supremo tribunal, que ela não poderia se divorciar de seu marido de 40 anos até 2020. Ele, monstruosamente, não teria, e então ela deve esperar os cinco anos que a lei exige, exceto em casos de deserção, adultério ou comportamento irracional (que costumava ser chamado de crueldade). Mas Owens é quase único. Normalmente as pessoas se liberam mutuamente do contrato, ainda que furiosas.

Há, diz o advogado, tanto espaço para discussão e muita raiva. Cega as pessoas até para seus próprios interesses. Eles querem lutar, porque estão desapontados, e a raiva, pelo menos inicialmente, é mais fácil de sentir do que a tristeza. Você pode se levantar quando está com raiva. Isso faz você se sentir poderoso. As pessoas, diz o advogado, brigam por coisas ridículas, como utensílios de cozinha, roupas de cama e pássaros empalhados. Eles brigam por máquinas de lavar roupa, animais de estimação e crianças, e que estavam errados.

Mesmo se as taxas de divórcio estão diminuindo, é totalmente evitável? O conselheiro de relacionamento Noa Rockman acredita que muitas vezes é, e nós escolhemos, em geral, relacionamentos que nos testam e nos salvam. Mas às vezes não queremos ser salvos, ou não podemos.

A escolha do parceiro nunca é acidental. “Nossas necessidades, sofrimentos e perdas não atendidas são registradas em nós como nós de energia emocional”, diz Rockman, “privando-nos de partes de nossa vitalidade e comprometendo nossa satisfação. Nessas áreas em nós mesmos – e em transbordamento para outras partes de nossas vidas – não vivemos. Nós sobrevivemos.

“Mas”, acrescenta ela, “temos uma motivação para curar essas feridas. É aqui que os relacionamentos amorosos se tornam muito úteis – como o palco do drama de cura. Somos inconscientemente atraídos por parceiros que se encaixam no modelo com o qual poderíamos recriar o pesadelo da infância. Então, podemos ter uma segunda chance ”.

Se isso soa glorioso, às vezes não é.

“Tragicamente e com muita frequência”, diz ela, “apenas quando conseguimos recriar o pesadelo, nos retiramos. É aqui que as pessoas decidem se divorciar. Faz sentido: eles se encontram no coração do pesadelo, sem o entendimento ou as ferramentas para fazer as coisas de maneira diferente. É uma tragédia assim: as pessoas estão trabalhando muito para criar as circunstâncias que permitirão que elas se recuperem das feridas, mas, no auge de sua oportunidade, elas se afastam dela ”.

Se isso é verdade – e as pessoas sabem disso – o divórcio deixará de existir? Duvido, porque os sonhos estão em nossa natureza, e a atração do passado é forte, mesmo se você não estivesse lá.

Eu me pergunto se o começo e o fim dos relacionamentos são realmente uma geração atrás. E assim de volta, e de volta, e se é por isso que, quando falamos de amor, falamos tão freqüentemente de destino?

Nem todo mundo, como Rockman diz, pode suportar a tensão de renovação através do reconhecimento – quero dizer dor – ou até mesmo saber por que eles se comportam da maneira que fazem. Foi chocante como, nas primeiras lutas do nosso casamento, meu marido e eu tentamos impor casamentos de nossos pais por conta própria, mesmo que meus pais já estivessem divorciados e seus já mortos. Eu joguei coisas e chorei lágrimas o suficiente para encher um banho. Ele estava sempre quieto – e ele assava. Nós tivemos que aprender a ser nós mesmos no casamento. Nós ainda estamos aprendendo.

Eu confio em parcerias civis porque elas são menos loucas do que casamentos e, portanto, menos divertidas. Pelo menos no dia. Mas eles estão sobrecarregados com menos expectativas e nisso eu acho que é esperança.

Data cega: “Houve muitas risadas, o que é sempre bom, certo?” | Vida e estilo

Patrick no azevinho

O que você estava esperando?
Algo novo e excitante, em plena visão pública.

Primeiras impressões?
Super animada e brilhante. Os primeiros momentos foram notavelmente não-estranhos.

O que você falou sobre?
Caminhadas longas e transformadoras, gângsteres de aparência assustadora, mas amistosos, seu trabalho nas prisões, tatuagens de partes do corpo naquelas partes do corpo.

Algum momento estranho?
Nenhum mesmo. O vinho mais caro no menu ajudou.

Boas maneiras à mesa?
Nós estávamos nos divertindo, eu não percebi nada.

Melhor coisa sobre Holly?
Seu espírito aventureiro e cabelo vermelho ardente.

Você a apresentaria a seus amigos?
Deus, não – meus amigos são um pesadelo.

Descreva-a em três palavras
Refrescante. Genuíno. Destemido.

O que você acha que ela fez de você?
Eu não tenho certeza. Houve muitas gargalhadas, o que é sempre bom, né?

Você foi em algum lugar?
Nós éramos os últimos diners de pé, então Holly teve que correr para o trem dela.

E você beijou?
Não, não houve beijos. Ninguém foi para isso.

Se você pudesse mudar uma coisa sobre a noite, o que seria?
Talvez eu não tivesse pedido geléia para a sobremesa.

Marcas de 10?
9,09.

Você se encontraria novamente?
Veremos.

Holly em Patrick

O que você estava esperando?
Para encontrar alguém divertido, e não me envergonhar muito horrivelmente.

Primeiras impressões?
Bonito, sorridente, bem vestido.

O que você falou sobre?
Música, escalar montanhas, o que as mariposas realmente são.

Algum momento estranho?
Nenhum.

Boas maneiras à mesa?
Eu acredito que sim. Eu acho que eu estava muito preocupado com o meu próprio para perceber, no entanto.

Melhor coisa sobre Patrick?
Muito engraçado – ele me fez rir muito.

Você o apresentaria a seus amigos?
Sim, acho que nossos amigos provavelmente são bem parecidos.

Descrever ele em tres palavras
Aventureiro, espirituoso, inteligente.

O que você acha que ele fez de você?
Muito difícil de dizer.

Você foi em algum lugar?
Não, eu estava bem perto de perder meu último trem.

E você beijou?
Um abraço amigável.

Se você pudesse mudar uma coisa sobre a noite, o que seria?
Esse último tiro de anis não caiu muito bem.

Marcas de 10?
8

Você se encontraria novamente?
Veremos…

Patrick e Holly comeram no Ali Ocakbasi, Londres WC2.

Gosta de um encontro às cegas? Email blind.date@theguardian.com

Se você deseja conhecer alguém com a mesma opinião, visite soulmates.theguardian.com

Este artigo contém links de afiliados, o que significa que podemos ganhar uma pequena comissão se um leitor clicar e fizer uma compra. Todo o nosso jornalismo é independente e não é influenciado por nenhum anunciante ou iniciativa comercial.
Os links são alimentados por skimlinks. Ao clicar em um link de afiliado, você aceita que os cookies de Skimlinks serão definidos. Mais Informações.

Nora não gosta de família conjunta por estas razões válidas!

Você tem múltiplas razões pelas quais uma nora não gosta de uma família comum?

Nora não gosta de família comum por causa das restrições impostas a ela

E suas razões para fugir de viver com seus sogros são válidas e realistas.

Os ocidentais nunca entenderão a turbulência que uma mulher sofre em uma família comum, pois é quase inexistente em sua sociedade. Mas é muito relevante em muitos países asiáticos.

Sim!

Embora as famílias conjuntas estejam se tornando raras, elas ainda existem em muitos países asiáticos.

Os sogros dizem que uma nora se torna filha de sua família. Mas a nora tem uma história muito diferente para contar.

Ela nunca sente uma família com seus sogros.

Na verdade, ela sente que está sendo maltratada por eles.

Uma nora sente que sua vida é dominada e controlada por sua sogra depois do casamento. E ela também legitimamente sente que é uma grande injustiça imposta a ela. Essa é a razão pela qual é comum ver a relação entre uma sogra e uma nora se sentindo quente e fria.

Você é uma dessas nora que se sente alienígena quando coexistindo com seus sogros?

Você frequentemente briga com seu marido pela liberdade de viver independentemente, não é?

Você se sente claustrofóbico ter que viver em uma atmosfera desordenada de ter seus sogros ao seu redor.

Não é que você odeie seus sogros. Mas quando você mora com eles, sente seus nervos rastejando de raiva e frustração por ter que obedecer às ordens estabelecidas por seus sogros. Você está com raiva porque é adulto o suficiente para administrar sua família sozinho, sem a supervisão da sua sogra.

É afinal de contas sua família, não é?

Você também quer se afastar dos olhos curiosos de seus sogros. Você quer ter sua privacidade intacta. Você quer viver sua vida de casada em seus próprios termos e condições, e não o que seus sogros lhe ordenam fazer.

É por isso que você incomoda seu marido a se afastar de seus pais.

Você está justificado em se afastar de uma família comum logo após o seu casamento?

Você tem todo o direito de fazer isso.

É o que sua sogra queria quando era uma jovem nora.

Como o que foi certo para ela se tornou errado para você?

Vamos olhar para as 6 principais razões pelas quais uma nora não gosta da família conjunta?

1. Falta de liberdade

A principal razão pela qual uma nora não gosta de uma família comum é a falta de liberdade.

Antes do casamento, você recebeu total liberdade de seus pais. Você manteve sua individualidade quando estava com eles. Você corajosamente argumentou com eles quando invadiram sua privacidade.

Você fez o que gostou quando estava com seus pais. Você não teve que fingir antes deles.

Mas depois do casamento, você é forçado a viver em uma família conjunta. Naturalmente, você se sente preso quando perde a liberdade de expressar seus pensamentos individualistas.

Existem regras familiares que você encontra restringindo sua liberdade.

Você não pode planejar uma compra sem informar seus sogros.

Você não pode sair com seu marido como e quando você gostou.

Você tem que pedir permissão para visitar seus pais também. Esta é sua última gota, pois você sente que tem todos os direitos para visitar seus pais quando e como quiser.

Você se sente acorrentado e aprisionado quando vive entre seus sogros, pois precisa se comportar de acordo com o protocolo da família em que está envolvido.

2. Interferência na vida pessoal

Você sente que seus sogros interferem em seu relacionamento com seu marido.

Você está indignado quando eles o instigam contra você.

Eles emocionalmente chantageiam seu marido que ele sente que você está sempre errado.

Você está com raiva quando ele se comporta um pouquinho distante de você quando ele está com seus pais.

Você odeia quando precisa pedir permissão para sair com seu marido.

3. Comentários injustificados sobre sua criação

Seus sogros aproveitam todas as oportunidades para fazer comentários indesejados sobre sua família com a maior frequência possível.

É natural que seus hábitos sejam diferentes dos deles. Eles tomam isso como uma oportunidade para ter uma escavação em sua educação.

Você se sente enfurecido quando diz que seus pais não lhe ensinaram como se comportar.

Você fica louco de raiva com essa insinuação indesejada contra seus pais.

Esta é uma das principais razões pelas quais uma nora não gosta de viver em família comum.

4. Restrições ao seu molho

Você é forçado a mudar sua maneira de se vestir, pois há um código de vestimenta em sua família conjunta.

Você não pode usar vestidos modernos como considerados tabus por seus sogros.

Você fica furioso quando seu marido apóia seus pais e insiste que você se vista de acordo com o código de vestimenta de sua família.

Você sente que é pura interferência em seus desejos pessoais.

5. Nenhuma privacidade com seu marido

Você não pode demonstrar amor ao seu marido antes de seus sogros.

Quando você tem que se comportar estranhamente distante com seu marido, você se sente ressentido.

Você pode querer aconchegar-se ao seu marido.

Mas você não faz isso porque seus sogros estão lá.

Você não pode ter intimidade com seu marido, pois seus sogros mostram seu descontentamento, abertamente e abertamente.

6. Você está sob varredura constante

Você sente que cada uma de suas atividades é espionada.

“Do que vocês dois estavam falando?”, Você está fazendo essa pergunta sobre sua conversa com seu marido.

Você está legitimamente indignado.

Comprar coisas que você gosta é seu direito.

Mas suas compras também são espionadas.

“O que você comprou quando foi fazer compras?”, Essa pergunta é algo que você odeia.

CONCLUSÃO

Você consegue ver como é incapaz de manter sua individualidade em uma família unida?

A família comum estava bem durante os anos passados, quando não havia grandes problemas de relacionamento.

Há muito tempo, as mulheres nunca tiveram independência financeira. Então, eles não tinham outro jeito além de engolir sua agonia e viver uma vida sem direitos e sem privilégios.

Mas os tempos mudaram. Você evoluiu como uma mulher confiante. Você não pode mais ser ditado.

Quando você é financeiramente independente, é natural que você queira viver sua vida conjugal como quiser.

Viver independentemente de seus sogros não significa que você está instigando seu marido contra os pais dele.

Você sabe que viver longe do ressentimento de seus sogros acaba com muitos dos seus ressentimentos e frustrações contra eles?

Você é capaz de ser amigável com eles quando eles visitam você. Você agora as aceita facilmente como sua família extensa.

Pergunte a Lisa: Meu namorado sente que não está ganhando espaço suficiente

Eu tinha uma pergunta sobre relacionamentos e passar tempo juntos.

Quando meu namorado chega em casa do trabalho é geralmente em torno de 7-8 e eu costumo cozinhar o jantar, então só assistimos tv. Nós realmente não interagimos. Ele reclama que eu não lhe dou espaço suficiente e ele precisa de mais tempo “eu”. Eu digo a ele que estou insatisfeito com a quantidade de tempo que passamos juntos porque eu fico em casa o dia todo entediado e nunca fazemos nada. Ele diz que é minha escolha sentar em casa e ser teimoso para não ter algum tipo de trabalho e eu não deveria reclamar com ele sobre ficar sentado em casa porque ele está fazendo tudo o que tem que fazer. Ele acha que eu deveria sair é o que eu quero, em vez de ficar em casa entediado e culpá-lo. Ele disse que precisa de espaço e eu sou ridículo por falar sobre isso e ele não fica satisfeito porque eu estou sempre esperando por ele. E ele está tomando mais, então eu deveria me acostumar com isso. Eu não sei o que devo fazer ou dizer. Nosso relacionamento é solucionável? Ou ele simplesmente não se importa? Ou estou sendo muito carente?

Esta semana, nós saímos no sábado em uma festa de Halloween, então quando voltamos para casa, perguntei se poderíamos nos aconchegar e assistir a um filme e ele disse que sim, mas ele queria fazer um telefonema e conversar com os colegas de quarto um pouco. a sala de estar então ele estaria dentro. (Isso foi às 2 da manhã, então eu apaguei a luz e fui para a cama, quando acordei às 5 eu disse a ele para ir para a cama que ele fez, mas estava com raiva de mim porque ele não deveria saber quando ir para a cama.) Então nós saímos no domingo assistindo futebol (embora ele freqüentemente fosse de quarto em quarto enquanto meus colegas de quarto estavam na sala de estar) e por volta das 4:30 eu fui aos meus amigos, então ele fui ao ginásio e fiz o que quer que fosse e ele veio para os meus amigos às 7:30, onde jantamos e saímos. Na segunda-feira eu o vi por uma hora, depois fui embora e fiquei em um hotel para trabalhar, então ele teve a noite para si mesmo. Terça-feira eu deveria ter ido até 9, mas acabou chegando em casa mais cedo e ele queria ir tomar uma cerveja com seu amigo depois do trabalho, mas não me convidou porque ele queria “eu” tempo. Sua namorada amigos estava lá e eu fiz um grande negócio sobre ele não me convidar, então ele me convidou, embora eu não acabasse indo porque ele só me convidou, então eu não estava com raiva. Ele estava em casa às 8 para o jantar, depois que comemos ele falou ao telefone com seu pai e perguntou se ele poderia ir para a academia por 2 horas. Eu disse que não queria sair, então ele fez alguns exercícios no chão e nós finalmente assistimos a um filme e fomos para a cama. Hoje à noite, ele estará em casa por volta das 7: 30-8 e eu tenho que sair às 9 para o trabalho. Amanhã, ele se inscreveu para um seminário de atuação que vai até às 9 e eu trabalho amanhã à noite também, então eu não vou vê-lo em tudo. Então sexta-feira eu tenho desligado e a partir de agora eu não estou ciente dele fazendo nada. Sábado ele tem atuado o dia todo e eu trabalho à noite. Domingo ele tem atuado o dia todo também. Ele se inscreveu para outro seminário na próxima quinta-feira e ainda fará o ginásio e a classe de atuação etc., com exceção de nenhum final de semana.

Mesmo com essa programação de semanas, ele sente que não está ganhando espaço suficiente. Incomoda-me porque ele nunca pergunta o que eu quero fazer ou se ele pode fazer os seminários, etc., ele apenas se inscreve para eles e diz que está fazendo. O mesmo vale para quando ele está saindo com seus amigos, ele liga ou manda uma mensagem para mim e apenas diz que estou me encontrando com essa pessoa para uma bebida. qual e sua OPINIAO?

Pensamentos de Lisa …

Algumas coisas surgiram para mim quando li isto…

Você tem muito tempo em suas mãos para pensar e se preocupar quando você vai ter tempo com ele. Ele está parcialmente certo em dizer que, se você fosse melhor em preencher seu tempo livre do que “entediado” ou esperando por ele, talvez não ficasse tão concentrado na deficiência que sente no relacionamento. Ele claramente tem uma vida ativa – e não há nada de errado com você conectando atividades e interesses também!

Dito isto, o seu namorado não parece ser muito sensível às suas necessidades e não está particularmente concentrado em ganhar tempo com você. Seu comportamento parece desrespeitoso e rude (o exemplo da noite de Halloween).

Nos relacionamentos, é importante que ambos os parceiros se sintam emocionalmente seguros com o outro, que eles sejam importantes e possam confiar um no outro. Você se sente emocionalmente seguro com ele? Você pode tentar falar com ele através dessa lente? Como de costume, vocês dois parecem ter um papel em suas lutas de relacionamento.

Ele pode ser mais sensível às suas necessidades e você pode confiar em mais do que ele para sua felicidade? Se não, talvez seja hora de repensar.

———-

Preciso de conselho? Considere uma Consulta de Relacionamento para orientação.

100 + coisas fofas para dizer a sua namorada

selecionar e enviar a partir de uma lista de “mais de 100 coisas fofas para dizer à sua namorada” pode ser uma tarefa difícil, especialmente se você não for romântico. Mas é saudável nunca pensar que é um desperdício de tempo enviar coisas fofas para dizer à sua namorada. Se você acredita em mim, sua namorada certamente irá embora um dia. Mesmo que ela não vá embora, eles podem ficar em parte talvez como resultado do presente que recebem de você, e a outra parte deles está nas mãos de outro cara por trás da cena, inundando-os com coisas fofas que eles acho incrível.

Mulheres por natureza admiram ser elogiadas e se você é romântico, você está definitivamente no banco do motorista. Eles esperam que suas ações sejam dirigidas ao lado de expressá-las em palavras. Um relacionamento romântico não deve ser desprovido de expressão verbal de sentimentos.

Você já foi desafiado a não ser romântico por sua namorada? Isso é um sinal de que você está falhando tão cedo. Mas cara, esse não é o fim. Você tem a ferramenta certa para consertar aquele pano rasgado e ser o homem que ela sempre sonhou em ter. Eu entendo que você pode não ter as palavras e até mesmo dizer que a panelinha comum “eu te amo” parece um fardo. Seja qual for o caso, talvez eu tenha mais de 100 coisas fofas para dizer à sua namorada.

A lista de coisas fofas para dizer à sua namorada não é ambígua, elas são simples e modernas. A lista é preenchida com palavras que farão a sua namorada corar, derramar lágrimas de alegria e felicidade, e traçar um sorriso romântico a ponto de não terem satisfação de outra pessoa além de você. Vamos cavalgar? Ok, vamos prosseguir.

Lindo Lista de coisas fofas para contar sua namorada

  1. Estou disposto a me agarrar a você para sempre e nunca irei aceitar o pensamento de deixar ir.
  2. Se me pedem para falar da melhor decisão que já tomei na vida, é a decisão de escolher você.
  3. Você tem um beijo mágico, algo que eu amo continuar tendo até a eternidade.
  4. Sua beleza não é páreo para um jardim cheio de lindas rosas
  5. Seu sorriso é como uma música para o meu coração; algo agradável ao ouvido
  6. Você aperfeiçoou a afirmação de que paciência é virtude.
  7. Eu não ficaria entediado abraçando você o dia todo.
  8. Com você eu sei que posso alcançar o resto do meu sonho – Você é a mãe do meu filho
  9. Nós sempre seremos a melhor versão do amor.
  10. É oficial! Eu não consigo parar de pensar em você.
  11. Dizer a você que eu te amo a cada dia que passa é um plano que devo cumprir até o fim.
  12. Eu teria cometido o maior erro da minha vida se me apaixonei por outra pessoa.
  13. Eu nunca acreditei em sorte até te encontrar.
  14. Você é a resposta para o pedido que eu quero bebês fofos.
  15. É melhor estar morto enquanto você está vivo do que estar vivo e ver você morrer.
  16. Eu sei que você nunca terá uma razão para franzir a testa porque eu sou a razão para o seu
  17. Estou extremamente feliz porque fui levado até você.
  18. Pensar em você não é uma tarefa perdida, sua vida.
  19. Você é a mãe perfeita, sim você é.
  20. Mesmo sem presentes caros, você ainda me acha Isso é incrível!
  21. Seu amor, modéstia, brilho nunca parou de me surpreender.
  22. Toda vez que vou para a cama, estou sempre sonhando com você.
  23. Sinto-me realizado tendo que passar o dia todo com você.
  24. Venha chuva venha brilhar você sempre será a garota que eu amo.
  25. Eu comecei uma nova vida no momento em que você entrou
  26. O primeiro sorriso seu derreteu meu coração e você nunca parou.
  27. Eu gostaria que nos conhecêssemos muito antes disso agora.
  28. Estou feliz que você tenha esperado por mim durante todo esse tempo.
  29. Eu nunca vou deixar você ir.
  30. Você é a única garota que sempre vou amar.
  31. Você fez meu sonho se tornar realidade.
  32. Eu não estou interessado em mudar nada sobre você, você é tão perfeito.
  33. Você está sempre em casa. Obrigado por vir.
  34. Você é minha preciosa joia
  35. O apoio que você me deu hoje foi notável. Eu estaria perdido se não fosse por você.
  36. Eu sinto sua falta toda vez que respiro.
  37. A combinação de mim e você significa felicidade
  38. O dia em que meu pai disse que você será bem sucedido, eu não fui muito paciente para pensar que ele quis dizer que encontrar você está sendo bem sucedido.
  39. Eu não gosto de dizer que gosto de você. Eu te amo com todo o meu coração
  40. Você está ficando muito tempo, estou terrivelmente sentindo sua falta.
  41. Nunca vou ter prazer em ferir você
  42. Estou comprometido em manter você e garantir que você esteja seguro.
  43. Você sempre me ajudou a ver a melhor parte de mim.
  44. Eu tenho sentimentos celestiais cada vez que você está ao meu redor.
  45. Eu gostaria de poder explicar o quão sortudo eu sou por ter você
  46. Estou extremamente feliz porque fui levado até você.
  47. Nunca vou decidir me afastar de você.
  48. Mesmo em nosso momento mais sombrio, nunca estou pronto para trocar você com outra pessoa.
  49. Eu sempre odeio os momentos de despedida. Eu gostaria que eles nunca existissem
  50. Estou disposta e pronta para te mostrar ao mundo inteiro.coisas fofas para dizer a sua namorada
  51. Eu vou continuar te amando incondicionalmente para sempre.
  52. Você é uma torta tão fofa que eu não vou comer, mas sempre lidar com cuidado.
  53. Eu desejo que meus olhos não estejam me caindo, porque você é o anjo bem na minha frente.
  54. A vida será fútil se eu nunca te encontrar.
  55. Eu sempre amei sonhar porque você nunca deixa de vir.
  56. Você nunca vai implorar para ser amado, porque eu sempre ganho seu respeito.
  57. Eu não posso esperar para nos casar.
  58. Em breve estarei em casa, sinto muito sua falta.
  59. Você sempre foi uma bênção para mim
  60. Você sempre será a primeira e a última garota da minha vida.
  61. O amor que tenho por você é infinito
  62. Você me fez acreditar que nós temos um anjo humano e você é um super anjo humano
  63. Desde o nascimento recebi muitos presentes, mas você ainda é incomparável.
  64. Eu tenho um amor incondicional por você.
  65. Tem sido longo nos conhecemos, mas parece que foi ontem.
  66. Por favor me prometa que você sempre será meu.
  67. Não há como voltar atrás, estou envelhecendo com você.
  68. Cada dia teria sido uma bagunça sem você.
  69. Cada vez que olho para você, muitas vezes me apaixono de novo e de novo.
  70. Sem dúvida, estou te segurando para sempre.
  71. O dia em que você entrou na minha vida foi o melhor dia da minha vida.
  72. Você é a melhor garota que qualquer homem poderia morrer para ter.
  73. Eu posso e continuarei sorrindo em seus lindos olhos para sempre.
  74. Cada dia que passa, nosso vínculo de amor continua crescendo mais forte
  75. Minha única razão para estar vivo é você.
  76. Eu sou capaz de fazer qualquer coisa com você ao meu lado

100 + coisas fofas para dizer a sua namorada

Leia: os erros de comunicação que os casais fazem

Como fazer o trabalho de relacionamento de longa distância

  1. Uma única mão é suficiente para conquistar o mundo, desde que você se apegue ao outro.
  2. Estou sempre admirada cada vez que você entende meu pensamento antes mesmo de expressá-lo.
  3. Eu tenho uma vida perfeita porque eu escolhi ter você.
  4. Você tem meu coração sob sua custódia, por favor, mantenha-se seguro.
  5. Não há nada que eu tenha que não seja seu
  6. Eu fracassarei miseravelmente se pensar em viver sem você.
  7. Quando os outros se queixam da vida, eu sou sempre grato por você ter vindo na hora certa, porque eu não vejo da maneira que eles fazem. Eu vejo uma vida linda por sua causa.
  8. Estou ansiosamente esperando por você, por favor, não demore muito.
  9. Cada momento com você fica lindo
  10. Quando eu sorrio sozinho, as pessoas pensam que eu sou louco, sem saber que estou pensando em você.
  11. Estou feliz por nunca ter escolhido ser solteira.
  12. Todos os direitos reservados! Você é meu.
  13. Você é o coração frágil do qual eu frequentemente canto.
  14. Você me fez acreditar em uma carne genuína
  15. Muito beijos e abraços! Desfrute de uma noite cheia de sonhos
  16. Toda vez que passamos juntos é um tempo bem gasto.
  17. O tempo deve ser bobo! Sempre acelera sempre que estou com você.
  18. Querida, tenho pensado em você.
  19. Eu posso ir todo o comprimento apenas para manter o seu sorriso.
  20. Eu vou estar totalmente fora de pista sem você
  21. Eu acredito que a vida pode ser doce e você trouxe isso ao realismo.
  22. Ainda me surpreende ter te encontrado.
  23. Eu desejo poder continuar vendo você todos os dias. Vamos caminhar até o púlpito
  24. O dia que você está esperando está aqui. Estamos nos casando.coisas fofas para dizer a sua namorada
  25. A vida teria me enganado se eu não te encontrasse.
  26. Obrigado por ser meu.

Eu sei que você não pode esperar para começar a tirar da lista de “mais de 100 coisas fofas para dizer à sua namorada”. Sim, estou feliz que você os tenha ajudado. Se o seu relacionamento está faltando a expressão verbal romântica do amor. Esta lista de coisas fofas para dizer à sua namorada é poderosa o suficiente para engrenar. Observe quão bem você despertará seu sentimento emocional, ela se sentirá amada e apreciada. Sempre faça do seu objetivo ser romântico.

sobre o autor

Confiar em

Trust é um escritor de tempo integral adepto e muito espirituoso em seus primeiros 20 anos.
Ele é importante em transmitir conteúdos únicos e de qualidade. Você prefere trabalhar com confiança? Contacte-o através do seu email; ibitomisitrustpelumi@gmail.com

Encontro às cegas: “Ser francês, ela foi para o beijo de saudação de bochecha dupla” | Vida e estilo

Sara em Stuart

O que você estava esperando?
Não é um rapaz. Alguém criativo, ligeiramente estranho e sensível.

Primeiras impressões?
Ele se sentia muito familiar e em paz consigo mesmo.

O que você falou sobre?
Sua pesquisa sobre Nijinsky e dança contemporânea, e como ele desenvolveu uma paixão por transmitir afeto aos outros através da culinária.

Algum momento estranho?
Nós pedimos kimchi. É comida de data de repolho podre?

Boas maneiras à mesa?
Ele estava confiante em derramar vinho e atacar a comida com os dedos. Eles são sinais de ser fiel aos seus sentimentos.

Melhor coisa sobre o Stu?
Ele completou um grau de filosofia, algo que você pode ouvir nas maneiras como ele fala.

Você o apresentaria a seus amigos?
Sim, acho que ele iria impressioná-los com culinária saborosa.

Descreva Stu em três palavras
Auto-dirigido, sensível, intuitivo.

O que você acha que ele fez de você?
Um exigente conhecedor de vinhos franceses que vive uma vida boêmia.

Você foi em algum lugar?
Nós caminhamos ao longo do South Bank e olhamos para as luzes brilhantes de Natal.

E… Você beijou?
Os franceses se beijam para se despedir, esse é o nosso costume.

Se você pudesse mudar uma coisa sobre a noite, o que seria?
Eu gostaria que ele tivesse cozinhado e eu tivesse escolhido um bordeaux.

Marcas de 10?
9,66.

Você se encontraria novamente?
Sim, talvez para um pouco de tai chi, um show ou uma performance.

Stuart on Sara

O que você estava esperando?
Uma noite divertida com alguém interessante, interessado e atraente.

Primeiras impressões?
Despretensioso, curioso e gentil.

O que você falou sobre?
Comida e vinho (Sara cresceu em Bordeaux) e família.

Algum momento estranho?
Sendo francesa, ela foi para o beijo de despedida dupla; Eu perdi a sugestão para o segundo.

Boas maneiras à mesa?
Ela era uma profissional perfeita com pauzinhos.

Melhor coisa sobre Sara?
Sua compaixão.

Você a apresentaria a seus amigos?
Absolutamente. Eu não diria que ela se encaixa em todos os lugares que vou, mas, novamente, nem eu.

Descreva Sara em três palavras
Gracioso, apaixonado, empático.

O que você acha que ela fez de você?
Espero ter me conduzido com um pouco de charme e graça.

Você foi em algum lugar?
Nós saímos do jantar.

E você beijou?
Não.

Se você pudesse mudar uma coisa, o que seria?
Nada, não é sobre as cartas que você recebe, mas se você gosta de jogar.

Marcas de 10?
9

Você se encontraria novamente?
Eu estou ansioso para vê-la dançar.

Sara e Stu comeram em Yamagoya, Londres SE1. Gosta de um encontro às cegas? Email blind.date@theguardian.com Se você deseja conhecer alguém com a mesma opinião, visite soulmates.theguardian.com

Este artigo contém links de afiliados, o que significa que podemos ganhar uma pequena comissão se um leitor clicar e fizer uma compra. Todo o nosso jornalismo é independente e não é influenciado por nenhum anunciante ou iniciativa comercial.
Os links são alimentados por skimlinks. Ao clicar em um link de afiliado, você aceita que os cookies de Skimlinks serão definidos. Mais Informações.

10 Tópicos Pessoas em Feliz Relacionamento Falam Sobre

As pessoas muitas vezes se perguntam o que a comunicação ou a conversa mede no relacionamento feliz.

Examinando a estrutura e a natureza de suas conversas, muitos com boa intenção querem ver o que poderia tornar seu relacionamento igual àqueles em um relacionamento feliz.

Estou bastante convencido de que você está aqui para ter uma vitória.

Veja o que as pessoas em relacionamentos felizes discutem e melhore suas habilidades de comunicação em seu próprio relacionamento.

Estou resolvendo isso, já que este artigo tem como objetivo revelar 10 tópicos únicos que as pessoas de relacionamento feliz nunca farão sem falar.

Você pode gostar de ler; Como fazer o trabalho de relacionamento de longa distância

Verdades Difíceis Sobre Relacionamentos

Objetivos de relacionamento de longa distância que você deve saber

Dez Tópicos Pessoas em Relacionamento Feliz Falam Sobre

Antes de continuar a ler, não se engane ao pensar que as coisas que as pessoas em relacionamentos felizes discutirão em todos os momentos são apenas sobre coisas felizes.

De fato, a maioria das conversas que surgem são maneiras pelas quais elas poderiam alcançar a felicidade; assim usando esse meio para estabilizar sua felicidade.

O que torna essa conversa bem sucedida? Existem algumas qualidades básicas: prontidão para falar, desejo de ouvir e trabalho em equipe. Se você quiser investir nisso, essas qualidades são essenciais.

  1. Desejo e Objetivo: Não é um traço comum entre os casais felizes limitar sua conversa sobre onde eles gostariam de se ver nos próximos anos e suas realizações.

Em vez disso, eles são tão obcecados em dizer a si mesmos onde querem ser algum dia.

Estar em um relacionamento não significa necessariamente que você ama o que seu parceiro é hoje, você certamente deve ver o amor irradiando semanas, meses e anos à frente.

Você pode gostar de ler; Como fazer o trabalho de relacionamento de longa distância

Verdades Difíceis Sobre Relacionamentos

Objetivos de relacionamento de longa distância que você deve saber

Enquanto que! Com o passar do tempo, você estará sujeito a uma mudança. Você pode ficar com a mudança crescente somente se você falar sobre desejo e meta, depois disso você pode garantir permanecer no relacionamento.

As pessoas em relacionamentos felizes estão imbuídas do ato de dizer umas às outras o que elas conseguirão e como elas conseguirão.

  1. Falhas: Fiz com que os parágrafos anteriores deixassem de ser tão contundente que os casais em relacionamentos felizes não estão apenas interessados ​​em discutir as coisas felizes.

O fracasso é na verdade um tópico que as pessoas em relacionamentos felizes discutem. Por quê?

Lembre-se de que o amor verdadeiro não é construído apenas com base na atração ou impressão, embora possam intensificar o amor, mas você nunca deve confundir isso com o amor verdadeiro.

Força e paixão bem definidas são obtidas ao se conhecer as falhas, os piores ângulos e os fracassos de uma pessoa, e ainda assim serem obrigadas a ela.

Pessoas em relacionamento feliz não são tímidas em discutir seus baixos, fracassos e decepções.

  1. Conselho: É altamente impossível que um vencedor em uma aventura tenha ganhado sem adquirir fluxo de conselhos.

O mesmo acontece com pessoas em relacionamento feliz. Elas não estão satisfeitas em saber mais umas sobre as outras, mas estão sempre dispostas e sempre prontas a oferecer conselhos e ouvir sugestões umas das outras, e não se esqueça de fazer isso de uma maneira muito descontraída.

Assim, afundará melhor, na maioria das vezes, conselhos em forma de sugestões práticas são coisas que as pessoas em relacionamentos felizes discutem.

relacionamento feliz

  1. Opiniões Pessoais: Por que alguém deveria ter medo de oferecer opiniões pessoais em um relacionamento feliz?

Isso nunca vai acontecer desde que seja um relacionamento feliz. Nenhum pensamento é retido!

Suas opiniões pessoais podem ser um sinal de alerta ou sugestão, desde que isso seja sentido, dizem eles. Você sabe por que isso ajuda?

Cada parte está convencida todos os dias de que eles têm alguém que se preocupa muito com eles.

Você pode gostar de ler; Como fazer o trabalho de relacionamento de longa distância

Verdades Difíceis Sobre Relacionamentos

Objetivos de relacionamento de longa distância que você deve saber

  1. Amigos: Pessoas em relacionamento feliz discutem sobre os amigos uns dos outros. Por que discutir sobre seus amigos é vital?

Isso dá uma vantagem em saber algumas coisas sobre a vida de seu parceiro e inclui saber sobre gostos e não gostos, principalmente quando você não está com eles. Isso fortalece seu vínculo.

  1. Elogio: Você já foi elogiado? Seja sincero como você se sentiu?

Sem dúvida, você se sentiu melhor como uma pessoa com uma boa recompensa, não é? As pessoas em relacionamento feliz não se esforçam em elogiar o que amam umas com as outras e o que elas apreciam.

E se fossem apenas meras expressões, não teria uma margem ampla daqueles que não o fariam. Seus elogios revelam o quanto eles fazem!

Um exemplo: “Querida, eu adoro tanto a roupa que você usou para aquela ocasião e aqui está um presente para você. Mantem!

relacionamento feliz

  1. Preocupações do diaTemos problemas pessoais, embora se espere que as pessoas em relacionamento feliz sejam uma só carne, elas ainda têm preocupações únicas, somente quando falam, são viáveis ​​para suportar e compartilhar o fardo igualmente.

Aparentemente, essa citação pode ser verdadeira no caso deles: “problema compartilhado, problema resolvido”.

Durante a sessão de discussão, as preocupações diárias as atrapalharão? Não é provável!

Desde que eles vão se sentir gratos e cuidados para saber que há alguém carregando seu fardo e isso por sua vez, facilita a sua condição.

Você pode gostar de ler; Como fazer o trabalho de relacionamento de longa distância

Verdades Difíceis Sobre Relacionamentos

Objetivos de relacionamento de longa distância que você deve saber

  1. As notícias: Eu estava discutindo recentemente com uma colega e ela me disse o quanto amava filmes de ficção científica, fiquei chocado e animado! Qual é o ponto?

Quando as pessoas em relacionamento feliz discutem sobre notícias e filmes, isso traz diversão e entusiasmo. Ambos são atualizados sobre as últimas notícias e o resto deles.

  1. Período de férias: Essa lista não seria completa se as férias não forem listadas como parte das coisas que as pessoas em relacionamentos felizes discutem.

O tempo isolado gasto juntos por pessoas em relacionamentos felizes constrói mais química que mantém seu relacionamento tão bem.

Portanto, eles discutem como suas férias serão gastas, quando e duração; planejá-lo com antecedência excita ambas as partes.

  1. Interesse Pessoal e Hobbies: Pessoas em relacionamentos felizes consideram digno revelar e discutir o que lhes traz emoção em seu próprio tempo privado.

Pode ser um jogo clássico ou conversar com amigos. Isso tem um longo caminho na construção de uma base mais sólida, como? As chances são de que seu cônjuge vai adorar o seu hobby e um conselho faria mais sentido.

Enquanto lê, o que veio pela sua mente? Que essas coisas que as pessoas em relacionamento feliz discutem não são tão difíceis? Claro que você está certo se você pensa assim!

Mas criar tempo para eles é o maior obstáculo. Há prioridades equivocadas em muitos relacionamentos infelizes e é por isso que não está funcionando da maneira correta.

Siga o caminho certo, se você está vivendo essa vida, coloque as coisas certas em perspectiva, melhore suas habilidades de comunicação e veja seu vínculo crescer tão maravilhoso!

Elena Ferrante: “Eu não acredito em pessoas que juram que não são do tipo ciumento” | Vida e estilo

To meu arrependimento, eu freqüentemente me deparo com pessoas invejosas. Na minha ficção, tenho escrito muitas vezes sobre esse sentimento repugnante, mas, em geral, infeliz. O resultado é sempre decepcionante: de Shakespeare a Proust, tudo que poderia ser dito foi dito, lindamente, e parece um esforço desperdiçado. Além disso, sinto alguma relutância em me aprofundar e no que sei sobre as muitas pessoas invejosas que amei e amei. Sem mencionar que muitas vezes encontro pessoas que dizem, em tom angustiado: “Esqueça, você não sabe o suficiente sobre ciúmes. Eu conheço todos os tormentos. ”O ciúme é uma sujeira amarelada em que colocamos nossas mãos sem a satisfação de extrair alguma verdade própria.

E, no entanto, é difícil ignorar o sentimento: goste ou não, na forma trivial ou extrema, todos nós experimentamos isso – não necessariamente no amor, mas em todo tipo de relacionamento. É claro que conheci muitas pessoas que juram que não são do tipo ciumento. Mas eu rapidamente tive que colocá-los na categoria de perjuros: o ciúme apareceu de repente em seus olhos, embora eles se apressassem em retratá-lo – envergonhado, esperando que eu não tivesse percebido.

São principalmente os cultos que têm o cuidado de esconder sua inveja, porque sentem que, no fundo, essa é uma suposição mesquinha, mas significativa: sua intolerância ao fato de que as pessoas que amam podem sentir prazer sem elas, na companhia de outras pessoas. A pessoa invejosa quer ser a única fonte do bem-estar do amado. E, no entanto, como sabemos, a pressão da vida é tão forte, tão ferozmente expansiva, que não pode ser completamente preenchida por um relacionamento; todos nós somos tentados a arriscar até os laços mais sólidos quando atraídos por outros.

Se mantivermos alguma clareza e um pouco de autocontrole, podemos ver que uma grande parte da existência do amado ocorre inevitavelmente fora do recinto em que queremos colocá-lo. Manter o relógio é impossível; todo ataque de ciúmes sublinha nossa condição de frágil ser humano – não somos indispensáveis, tememos o abandono – e é degradante; tira nossa aura. E por essa razão, tentamos desesperadamente conter nossas fúrias invejosas. Às vezes, conseguimos transformá-los em um impulso para dar ao outro toda a atenção, toda a gentileza, toda a compreensão de que somos capazes.

É um exercício que nem sempre é bem-sucedido, em parte porque a pessoa amada parece pensar que pretende demonstrar – não apenas em particular, mas publicamente – que não somos suficientes. No momento em que o inevitável sentimento de inadequação prevalece, juntamente com a impossibilidade de se fazer o único propósito da vida de outra pessoa, não há saída. Fechamos o amado em uma gaiola, preferindo que ele morra espiritualmente e até fisicamente – em vez de nos expor à ferida humilhante de sua fuga.

Traduzido por Ann Goldstein

10 passos para o auto crescimento e auto-estima

Auto-crescimento positivo e auto-estima são fatores importantes em seus relacionamentos. Sem crescimento próprio, não pode haver qualquer mudança, e sem alto valor próprio, não podem ser a verdadeira felicidade. Tudo começa com você. Depois de cuidar de você, você pode começar seu caminho de crescimento pessoal e seu autovalor pode melhorar muito.

10 passos para o auto crescimento e auto-estima

1. Mude o seu diálogo interior e como você fala em voz alta sobre si mesmo. Pare com a auto-deprivação, aprenda a receber elogios com graça e pare de bater em si mesmo. Tente ser mais encorajador consigo mesmo, como você faria com qualquer outra pessoa. Mude sua negatividade em positividade com o que você diz para si mesmo e para os outros sobre si mesmo.

2. Concentre-se no que está em seu poder de controlar e deixe de lado o que não está. Se você se concentrar no que não está no seu controle, você não apenas se sentirá desamparado, mas desperdiçando seu tempo e energia. Se você colocar sua energia naquilo que você pode controlar, você se sentirá fortalecido e poderá criar uma mudança positiva.

3. Evite criar e ser sugado para o drama de outras pessoas. Claro, você quer estar presente para outras pessoas quando elas têm um problema, mas se elas estão constantemente gastando seu tempo e energia para conversar com elas, aconselhe-as, apoie-as e esteja presente para elas, mas elas NÃO NADA para mudar sua situação, Pare de fazer isso. Eles estão perdendo seu tempo e você está deixando. Quanto a criar drama próprio? O drama vai entrar em nossas vidas em algum momento, não há razão para você criá-lo. Se você precisar de atenção, encontre uma maneira de obtê-la de maneira positiva, em vez de ser uma rainha do drama. Aprenda a não suar as pequenas coisas ou você se cega para as pequenas (e grandes) coisas pelas quais você deveria ser grato.

4. Se você se sentir mal ou se sentir desconfortável, não faça isso ou participe dele. Não permita que ninguém force você a fazer coisas ou dizer coisas que acredita estarem erradas. Esqueça o que eles pensarão de você e concentre-se em como você quer se sentir.

10 passos para o auto crescimento e auto-estima

5. Não tenha medo de dizer sim. Você é digno, você merece, tanto quanto a próxima pessoa. Não é egoísta, é amor próprio.

6. Não seja um prazer para as pessoas. Eles só vão vê-lo como um capacho a longo prazo. Às vezes você terá que desapontar as pessoas. Às vezes você não pode ou não deve dar a alguém o que eles querem. Às vezes você terá que dizer às pessoas que não. Às vezes o suficiente é suficiente. Não há nada de errado em querer ser gentil com as pessoas, e isso é bom, desde que você não exagere. Uma vez que você começa a se expor demais, as pessoas muitas vezes tomam como garantido ou aproveitam.

7. Não deixe ninguém falar com você sobre seus objetivos na vida. Deixe-os dizer o que eles querem, apenas não desista. Cerque-se de pessoas solidárias e mantenha seu foco em suas metas para o futuro. Tenha fé em si mesmo e na confiança em sua capacidade de alcançar esses objetivos.

8. Aprenda a ser direto em suas ações e em suas palavras. Diga o que você quer dizer e diga o que você diz. Fale sua mente e mantenha suas armas. Não seja passivo-agressivo ou envie mensagens confusas dizendo uma coisa e fazendo outra.

9. Aprenda a dizer não e não se sinta culpado por isso. Todo mundo tem o direito de dizer não, incluindo você. Você não precisa se sentir mal com isso. As pessoas que dizem não a você não se sentem culpadas por isso, por que você deveria? Você tem que dizer não às pessoas às vezes para fazer o que é melhor para você e até mesmo para elas. Se eles ficarem chateados com isso, suas verdadeiras cores estão aparecendo. Eles estão mostrando que são pessoas que só serão positivas em relação a você se estiverem recebendo tudo o que querem de você. Deixe-os ir, e boa viagem.

10. Ouça seu intestino. Preste atenção nisso. Não tente afastá-lo ou ignorá-lo. Seus instintos nunca estão errados, e quanto mais você prestar atenção a eles, melhor você estará. Seus instintos podem mantê-lo seguro e ajudá-lo a evitar situações e pessoas ruins.